Otomate e Idea Factory irão lançar em 2014 o otome game “Reine des Fleurs” (レンドフルール, Rainha das Flores), com a arte de Usuba Kagerou (Wand of Fortune) e a história de Iwata Shinobu. Para plataforma PS Vita. Mais informações serão atualizadas neste post.

O jogo é ambientado em um mundo belo e fugaz; uma mistura de estilo japonês com ocidental. A heroína tem a missão de salvar o mundo da ruína. E enquanto enfrenta esta missão ela aprofunda seus laços com os quatro cavaleiros escolhidos. Querendo ou não os cavaleiros terão de jurar seu amor ou lealdade, dependendo de você. É uma história de amor entre uma princesa, sobrecarregada com o destino, e seus quatro cavaleiros.

——————————
História
——————————
Era uma vez uma deusa que ofereceu a mão à um mundo devastado.

A deusa, junto de uma garota e seus quatro cavaleiros, curou a terra arruinada e salvou o mundo com uma força vital conhecida como “Graça”.
Desde então, a consciência da deusa adormecida entrou em uma “Reine” e a terra foi passada para os quatro cavaleiros escolhidos. O mundo se expandiu e floresceu quando recebeu a graça da deusa.
No entanto, certa vez, o assento ocupado por uma Reine que tinha sido transmitido geração após geração tornou-se vazio. A fornecimento de graça estagnou e mais uma vez o mundo ficou envolto em trevas.
Até que, finalmente, a próxima geração da Reine nasceu – Violette.
A menina, obedecendo aos costumes, escolheu quatro cavaleiros que estavam a serviço da rainha.
Entretanto, devido a longa influência de um lugar vazio, os corações dos homens rejeitaram seus laços com a Reine. E é essencial ter a cooperação dos cavaleiros para abastecer o mundo com graça.
Violette, para adquirir a lealdade e a confiança dos homens, começa a agir.
Esta é uma história de amor entre uma princesa e um cavaleiro.

——————————
Mundo
——————————

Este é o mapa do mundo, Solvieux, com seus quatro países. Devido à falta de “Graça” as terras estão em decomposição e cada país começa a enfrentar a destruição.

Parterdeame

Um santuário que existe nos céus, acima dos quatro países. Este é um paraíso criado pela deusa que já salvou o mundo devastado. A energia que suporta o mundo, “Graça”, baseia-se no centro da “Árvore da Vida”, que tem permanecido nesta ilha flutuante para incontáveis anos.

Pivoine

Um país frio, com invernos rigorosos e regularmente invadido por ondas de frio. Pivoine está localizado no norte de Solvieux e é o país de Leon. 80% da região é de zona fria. O símbolo deste país é uma flor de peônia vermelha.

Campanule

Uma nação mercantil próspera por natureza com fazendas agrícolas e lácteas prósperas. Campanule está posicionada no sul de Solvieux e é o país de Louis. Também é um país de belas artes e beldades. O símbolo deste país é uma campânula chinesa.

 

Chrysantheme

Uma nação militar em solo improdutível. Chrysantheme está posicionada ao leste de Solvieux e é o país de Ghislain. É uma cadeia de montanhas rochosas e terras mortas. O símbolo deste país é um crisântemo.

 

Villet

Um pequeno país abençoado com rios. Villet está localizado ao oeste de Solvieux e é o país de Orfeu. É uma nação isolada e inexplorada; aqueles que vivem ali desfrutam de tranquilidade. O símbolo deste país é um cravo rosa.

——————————
Personagens
——————————

Violette – Princesa do Palácio Flutuante Sakura.

“Tenho uma missão que preciso cumprir.”

Uma jovem que governa em Parterdeame e é a substituta, “Reine”, da deusa adormecida. Ela não expressa muitas emoções e tem uma personalidade calma e sábia. Por ter sido criada em um local isolado, não está familiarizada com a natureza humana.

Iwata Shinobu (cometários): Eu queria uma personagem que pudesse facilmente ser vista como uma “princesa”. Fundamentalmente, ela é calma e não mostrar muitas emoções. Ela carrega o fardo de ser a Reine e por isso tem um temperamento sereno. Sua fraqueza é o conhecimento, porque ela foi criada em um mundo pequeno. Além disso, embora ela também tenha um lado feminino bonitinho, ela não é uma heroína muito difícil de se lidar.

Usuba Kagerou (comentários do artista): Ela tem um vestido de princesa imperial, mas também expõem os ombros e o pano envolve todo seu corpo, mostrando uma perigosa sensualidade feminina. Seu vestido é bordado no meio e o padrão é assimétrico nas mangas.

Leon (Seiyu: Okitsu Kazuyuki) – Um cavaleiro destrutivos e exaltado.

“Você é minha mulher. Isso é o destino!”

Um cavaleiro de Pivoine de 24 anos de idade. Age de forma imprudente de acordo com seus sentimentos e, embora seja um nobre, age sem restrições e se entrega aos prazeres sem pensar. Ele se apaixonou à primeira vista quando por acaso viu um retrato da heroína. Tornou-se um dos cavaleiros escolhidos após roubar à força a posição do cavaleiro que estava no posto.

Iwata Shinobu (cometários):  Um herói principal franco que age constantemente de forma imprudente e que se apaixonou à primeira vista pela heroína. É sincero e tem alterações súbitas de humor. Ele é como um grande cachorro. Se você lhe pedir pra dar a pata, ele ficará feliz em lhe dar. É fácil se apegar a ele, mas se baixar a guarda, ele vai cobrar e babar em todo seu rosto empolgadamente. Eu acho que educação é crucial. Ele é o tipo de pessoa que a heroína nunca teria entrado em contato e ele a confunde.

Usuba Kagerou (cometários): O ponto desse projeto foi colocar a longa bainha do casaco pendurada para baixo. Ele também tem uma blusa folgada que é ousadamente aberta no peito. Ele é do tipo que usa mais roupas casuais e por isso tinha que ter uma atmosfera que transmitisse que ele foi forçado a se parecer com um príncipe.

Louis (Seiyu: Namikawa Daisuke) – Um cavaleiro secreto e decadente.

“Você acabou de dizer algo que uma criança birrenta diria… mas eu não odeio isso.”

Um cavaleiro de Campanule de 22 anos de idade. Nasceu como um príncipe ilegítimo e vive como bem lhe convém; é um homem com uma atmosfera calma. À primeira vista, é a personificação de um charmoso “príncipe perfeito”, mas por dentro e superficialmente, há uma parte dele se afogando em um profundo cansaço.

Iwata Shinobu (comentários):  Se a heroína é a “princesa”, então este homem parece um “príncipe”, que saiu de um livro de figuras. No entanto, este príncipe tem alguns maus hábitos. À primeira vista, ele parece ser uma pessoa amigável, mas seus verdadeiros sentimentos são difíceis de entender. As conversas dele são sempre sobre batalhas e qualquer assunto sobre flerte. A heroína fica esgotada. Acho que o teor de doçura em sua rota são as mais elevadas, mas se as pessoas se sentem felizes com isso ou não é com elas!

Usuba Kagerou (comentários):  Francamente, ele é um príncipe cintilante! O ponto chave para dar essa impressão foi a roupa branca e arejada. De qualquer forma, as mechas de seu cabelo são bastante leves e seu corpo é magro, mas firme. Eu também brinquei um pouco aqui e ali para apimentar as coisas.

Ghislain (Seiyu: Kondou Takashi) – Um cavaleiro-comandante e de mau humor.

“Torne-se alguém adequada para ser minha soberana. Entendeu?”

Um cavaleiro de Chrysantheme de 20 anos de idade. Em sua terra natal, tem o apelido de “A temível lâmina de Chrysantheme” entre os soldados graças aos seus inúmeros feitos militares. Tem uma natureza exigente e rigorosa consigo mesmo e com os outros, mas definitivamente vai dedicar sua lealdade ao soberano que ele reconhecer.

Iwata Shinobu (comentários): Entre os quatro cavaleiros escolhidos, ele é o mais rigoroso com a heroína. Essencialmente, ele tem uma atitude condescendente e checa rigorosamente a heroína para ver se é realmente alguém adequada para ele acompanhar; assim como um cunhado. No entanto, não age assim sem motivo. Ele tem seu próprio orgulho e convicções. No início a sua relação com a heroína é muito tensa, mas quando ele a aprova e a obedece, vai mostrar alguns lados inesperados.

Usuba Kagerou (comentários): Seu estilo  de cabelo, maquiagem e ornamentos faziam parte de um projeto de batalha que eu estava desenhando. Sua roupa colada no corpo inteiro é carregada com a robustez de seu caráter. A pele no ombro é fixada pelo acessório de escorpião.

Orfeu (Seiyu: KENN) – Um cavaleiro carinhoso e profundamente solitário.

“Você é como a lua no céu à noite. Silenciosa… e acolhedora.”

Um cavaleiro de Villet de 19 anos de idade. Nasceu órfão e vagueia em seu país como um menestrel. Tem uma personalidade brilhante, alegre, com um grande coração. É tão amigável que é capaz de fazer amizade com qualquer um, mas no fundo de seu coração, há um lado oposto seu, de solidão.

Iwata Shinobu (comentários):  Amigável, é o tipo consegue fazer amizade com qualquer um e até mesmo com a heroína, que é capaz de ser ela mesma perto dele. Sua forma é pequena e é um menino bonito, mas também é consideravelmente sábio e de temperamento forte. Às vezes diz coisas solitárias para conseguir mimos. Entretanto, se você for descuidada será influenciada. Ele tem um lado um  pouco malicioso e ele pode apelar pra isso também.

Usuba Kagerou (comentários): Seu estilo de cabelo é esvoaçante e o cachecol fofo lhe dá uma imagem de vaidoso. Considerando sua altura, ele tem um corpo flexível como de um jovem adolescente e pensei em transmitir o desenho de um menino indiferente quando combinado com Violette.

Hubert (Seiyu: Sugita Tomokazu) – Guarda da gaiola e do caixão.

“Como esperado da minha princesa. Uma pontuação perfeita em suas respostas. Maravilhoso, Violette”.

Ele é o um primeiro-ministro, engenhoso e hábil em esquemas. Também tem 27 anos (idade média de sua aparência externa) e é conhecido em Parterdeame como o dicionário ambulante. É professor da heroína, que parece um irmão mais velho. É basicamente doce com a heroína, mas é rigoroso quando a trata como Reine. Não é do tipo que mistura negócios com assuntos pessoais.

Iwata Shinobu (comentários):  Ele é instrutor e irmão da heroína (embora não tenha relação de sangue). De qualquer forma, ele é o mais próximo dela. Embora a adore em um nível carinhoso, ele é muito rigoroso com ela como Reine. Não mistura negócios com assuntos pessoais. Você pode ver sua aura como breu e de fato é escura como breu. Além disso, ele tem um monóculo e por isso é excêntrico. Na minha opinião, obviamente, todos os personagens que usam óculos são excêntricos.

Usuba Kagerou (comentários): Sua imagem é com uma capa e as costas são bordadas com grandes padrões de glicínias de ouro. Genericamente, é a realização de uma forte pressão e impressão. Ele também é elegante. A cor da corda brilhante foi usada nos os botões de laço e na manga. E há pequenos acessórios aqui e ali em seu corpo.

Espero que daqui pra frente façam mais jogos com a heroína mostrando várias expressões. :3

A primeira impressão que tive deste jogo, quanto a arte, foi que era muito gótico e circense. Além de que alguns dos carinhas pareciam velhos demais (no final das contas, só não fui com a cara do Hubert). De olho no Orfeu, porque jovem de cabelos prateados com olhos vermelhos é meu moe!! Mas a única coisa que posso fazer, por enquanto, quem sabe, é lamentar porque não tenho PsVita. (´;ω;`)ウッ…

Fonte: Otome Jikan e Revista B’s-Log (20/03/14)

Anúncios

5 comentários em “[Otome game] Reine des Fleurs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s