Review/resumo da rota do vampirinho sadista mais querido dos jogos otome! LOL Assim como eu tinha prometido, estou postando a review individual dos personagens que joguei em Diabolik Lovers – Haunted Dark Bridal. Comecei com o Kanato porque gostei muito do personagem no drama CD  e também do seiyu ( o・з・o)’ Essa análise será composta de resumo do personagem e das fases (Dark, Maniac, Ecstasy, End’s e Heaven), bem como minhas considerações finais. E desde já peço desculpas pelos erros ortográficos e de concordância porque não tenho tempo pra revisar. (>< )’

———————————————————–
Avisos
————————————————————
Tem spoiler (história+CG).
Contém resumo do prólogo e das fases do jogo.
(Estou seguindo só as respostas do final feliz, mas resumirei os três finais).
————————————————————

Sakamaki Kanato (逆巻 カナト)

Seiyuu: Kaji Yuki
Aniversário: 21 de Março
Idade: 17 anos
Altura: 1,65 cm
Comida favorita: Doces em geral
Hobby: Fazer bonecas
Mãe: Cordelia
Sobre: Kanato é o quarto filho da família Sakamaki e um dos trigêmeos, junto de Ayato e Laito. Ele é um gêmeo de nascimento polizigótico, ou seja, os outros dois irmãos se desenvolveram no mesmo saco gestacional, com a mesma placenta, enquanto que Kanato se desenvolveu num saco gestacional separado, com placenta só pra ele (Mania Japa também tem ciência! LOL).
Kanato está sempre com seu precioso ursinho de pelúcia, Teddy, com quem conversa e trata como se estivesse vivo (na verdade, ele de FATO fica vivo através de uma macumba >_>’). Seus poderes de vampiro incluem invocar espíritos no ursinho, manipular o corpo de um humano, controlar o fogo e voar.
Fala educadamente, mas é arrogante, estressado e mentalmente instável. Explode em lágrimas e gritos sempre que não consegue o que quer, quando de repente volta ao normal, demonstrando que tudo era apenas encenação. O que você precisa saber sobre a rota de Kanato é que ele não gosta de mentiras ou de barulho (então não grite quando ele te machucar ‘-‘) e ainda, que NUNCA DEVE RESPONDER PRA ELE! Mas, de qualquer forma, isso não nos livrará de ouvir suas birras. >_>’  Resumindo sua personalidade, Kanato é um shota manipulador, yangire, necrófilo, do-S, birrento, chorão e que precisa de uns tapas um abraço.

———————————————-
PROLOGUE
———————————————-

A história segue quase o mesmo caminho do primeiro episódio do anime. A diferença é que tem muito mais diálogo e no final Yui sugere que ela que vai escolher quem deve “comê-la”. :3 Vou resumir um pouco o prólogo desde o início, porque assim não precisarei repetir nas outras rotas (que vou fazer o possível para resumir mais ainda (・ω・ )).

O jogo começa com um monólogo do tio dos garotos, Richter, falando de forma poética sobre o amor e sede que sente pela sua amada. Na próxima cena, Komori Yui, a heroína, está falando sozinha sobre as instruções que seguiu e que a fizeram chegar ali na frente de uma mansão mal-assombrada. Alguns trovões no céu a assuntam antes de começar a chover forte.

Parece que ela não tem escolha senão entrar na casa. Yui bate na porta, mas ninguém responde. Ela se pergunta o que deveria fazer, já que parece que não tem ninguém ali e não há luzes acesas. Mas isso é óbvio, já que este lugar é famoso por ser a “mansão mal-assombrada” do bairro. Ela acha que cometeu algum um erro.

Em flashback, Yui lembra que, na igreja, fica surpresa ao ouvir que seu pai foi convocado para ir à outra igreja no exterior. Ela está chocada com a notícia repentina. Seu pai explica que um pedido oficial chegou a ele com urgência. Yui pergunta o que vai acontecer com a igreja daqui. Ele garante que haverá um sucessor e que ela não precisa se preocupar com isso. Além do mais, se alguma coisa acontecer, ela estará no Japão. Yui arregala os olhos ao saber que ele está pensando em ir sozinho.

Seu pai explica que não pode levar ela junto e Yui protesta, mas é inútil. Ele pede que ela entenda que tudo o que está fazendo é para o seu bem. Ele quer que ela pegue sua bagagem e vá viver com a pessoa que mora no endereço que ele vai dar à ela, explicando que é um parente distante. Ele diz que não vão fazer nada de ruim lá para ela. ( ゚∀゚)ァハハ八八ノヽノヽノヽノ \ / \/ \

De volta ao presente, Yui está pensando sobre tudo o que aconteceu, quando de repente leva um susto ao ver a porta da mansão, que se abriu sozinha em rangidos sinistros. Ela bate na porta e pergunta se tem alguém em casa, se apresentando como a filha de Komori. Tendo quase certeza que seu pai já explicou a situação, ela entra na sala e percebe que não há ninguém ali, mas acha que se a porta abriu, então deve haver alguém.

Yui se desculpa novamente, enquanto adentra a casa. Ela está com um pouco de medo, mas não pode ficar parada lá. Ela entra na sala e acha que é estranho que não haja alguém aqui. Decidida a telefonar para seu pai, procura por seu celular, mas aí se assusta com os relâmpagos que iluminam uma forma humana deitada no sofá.

Hesitante, ela fala com ele, mas não há resposta. Achando que poderia estar dormindo, ela o chama mais uma vez, mas novamente não tem resposta. Yui pergunta se ele está bem e estende a mão para tocá-lo, mas leva um susto quando sente a temperatura gelada de sua pele e entra em pânico quando percebe que ele não está respirando. Deve estar morto!

Yui fica surpresa pela forma como seu coração de repente dói. Ela cai no chão e uma voz entra em sua mente. (Onde está você.. onde está ?). Ela está com falta de ar, mas lembra que precisa chamar uma ambulância. Seu corpo está estranho, mas primeiro ela precisa ajudar a pessoa à sua frente.

Ela pega seu celular e disca o número de emergência, pedindo por uma ambulância e explicando que há alguém morto ali, quando de repente o corpo à sua frente abre os olhos e diz que ela é barulhenta. Yui grita de susto e tenta se afastar, mas seu braço é agarrado. O garoto, Ayato, senta e pergunta por quê ela está fazendo tanto barulho na casa dos outros.

Enquanto Yui tenta processar a situação à sua frente, Ayato a empurra no sofá dizendo que está com fome e a lambe. Yui tenta se defender, mas Ayato a manda calar a boca. Ela começa a gritar com ele para não tocá-la. De repente, sai um som de pulso e Ayato salta para trás surpreso. Ele pergunta o que foi aquilo, mas, em seguida, um outro homem, Reiji, entra e pergunta que barulheira é aquela.

Yui aproveita a oportunidade pra correr para Reiji e se apresenta como Komori Yui, que estará morando ali. Reiji franze a testa e pergunta à Ayato do que ela está falando, que retruca que não sabe de nada e, em seguida, ele se dirige a Yui como chichinashi (sem peito), dizendo que ela não tinha dito nada antes.

Yui responde que foi porque ele a atacou de repente. Também fica ofendida pelo apelido, mas Ayato zomba e salienta que é porque ela não tem muito peito. Yui fica constrangida, enquanto se pergunta o que exatamente está acontecendo.

Reiji se apresenta e Yui sorri de alívio por ver que pode conversar com ele, ao contrário de Ayato. Assim que ela ia falar, Laito a interrompe comentando em seu ouvido direito sobre o fato de que há uma bela garota humana num lugar como aquele. Ela recua, surpresa com a forma como de repente ele apareceu. Laito ri com a reação dela e em seguida a cumprimenta educadamente antes de chamá-la de Bitch-chan.

Yui fica vermelha e recua novamente quando ele a lambe. Reiji friamente informa a Laito que é falta de educação cumprimentar uma mulher assim no primeiro contato. Laito comenta que Reiji está tenso como sempre, mas ele acha que está bem já que provou uma deliciosa garota. Ayato se irrita e ameaça que ele vai matar Laito por colocar sua saliva nela primeiro. Laito comenta novamente que as coisas têm de ser saboreadas logo que as vê.

Ele pede a opinião de Kanato que aparece de repente pedindo para Yui lhe deixa sentir o gosto dela. Yui recua e Kanato sorri enquanto ele diz que ela é doce e extraordinariamente deliciosa. Yui está alarmada com o que está acontecendo e como outra pessoa de repente apareceu.

Kanato pergunta aos outros por quê ela está aqui. Laito quer saber se ela é prato de hoje. Ayato os chama de idiotas por pensarem que ela é o seu prato, porque ela é dele, pois foi ele que a viu primeiro. xD Enquanto ele ri, Reiji ressalta com um sorriso que ele não conseguiu comê-la. Ayato manda ele se danar e não dizer coisas desnecessárias. De repente, uma outra voz diz que tudo aquilo era irritante.

Ayato estreita os olhos e manda Subaru aparecer. Subaru resmunga e aparece instantaneamente, o que faz Yui perceber que não era sua imaginação o fato de que eles realmente estão aparecendo do nada. Subaru observa que a razão pela qual ele sentiu o cheiro de um ser humano era por causa dela. Ele reclama como seu sono precioso foi interrompido.

Ele quer saber o que vão fazer sobre isso e Yui responde como é que ela vai saber. Subaru rosna e desafia ela a dizer isso de novo enquanto quebra alguma coisa. Yui grita e Laito ri de seu irmão mais novo de sangue quente. Subaru xinga Laito e manda ele calar a boca, porque não pensa nele como um irmão mais velho.

Kanato se aborrece e ameaça cortar a boca insolente de Subaru. Subaru sorri e pergunta se Kanato pode fazer isso, chamando-o de insignificante. Kanato estreita os olhos e sussurra para seu ursinho de pelúcia para olhar bem para Subaru, porque ele vai ser o sua próxima presa. xD Reiji suspira e pede para todos pararem, porque mesmo uma pessoa gentil como ele pode começar a perder a calma.

Ele diz que não vai tolerar que seus irmãos mais novos discutam na frente de uma dama. Reiji se vira para Yui e pede para lhes dizer a razão dela estar ali. Ela tenta explicar, mas começa a gaguejar de medo. Eles riem e Reiji ordena que eles não a interrompam. Então ele ameaça Yui com um chicote para explicar rapidamente a sua situação, que abruptamente concorda.

Depois que ela explica tudo para eles, ninguém parece saber sobre a vinda dela. Yui gagueja que deve ter cometido um erro e acha que precisa ir embora dali logo, porque se permanece por mais tempo algo de ruim pode acontecer. Mas quando ela se vira para sair, Ayato aparece na frente dela e manda ela esperar.

Yui recua em estado de choque, porque parecia que ele tinha se teletransportado pra frente dela. Ele diz que ela não pode sair na tempestade e que ela poderia muito bem ficar ali. Laito concorda, mas Yui recusa e corre.

Ela corre de volta para a sala, se perguntando o que está acontecendo e começando a rezar quando Shu aparece reclamando sobre todo esse barulho irritante. Yui recua quando vê que outra pessoa apareceu de repente diante dela.

Ela pergunta se ele está com os outros e Shu fica ofendido por ser considerado aliado deles. Ele explica que se tivesse que definir, ele diria que é uma relação indesejável, mas inseparável. Confusa, ela repete suas palavras, mas Shu ignora e pergunta se ela é a garota que “aquela pessoa” falou. Ayato pergunta se Shu a conhece e ele responde preguiçosamente um “… éee”, mas Kanato fica com raiva e manda ele explicar direito. Shu explica que “aquela pessoa” entrou em contato com ele outro dia e disse que não estava vindo. Também explicou que Yui estaria indo para morar lá e que ele deseja que todos se dessem bem.

Reiji comenta que parece que ela não tinha se enganado. Yui acha tudo muito estranho, começando por eles… Shu questiona se é porque eles são vampiros. Ela gagueja a palavra vampiro e Ayato lamenta como tudo foi revelado rapidamente. Yui não quer acreditar, mas eles explicam que não há razão para mentir.

Ela decide entrar em contato com o pai para revelar a verdade e procura por seu celular. Ayato pergunta com um sorriso se ela está procurando o que ele tem na mão. É o seu celular. Yui exige que o devolva enquanto ele zomba e pergunta o que ele deve fazer, mas Subaru manda Ayato entregar para ele e esmaga o aparelho diante de seus olhos. Yui fica em estado de choque, enquanto Subaru explica que é porque ela estava sendo chata.

Laito comenta que ela deve se dar bem com eles agora e que não precisa mais de celular. Yui vibra de raiva com a ousadia desses garotos e pergunta quem eles pensam que são. Kanato pergunta calmamente se ela vai deixar aquele lugar e ela assente que sim.

Kanato informa que estava começando a ficar com fome e ela pergunta com raiva o que isso tem a ver com ela.  Ele zomba e a de idiota, porque quando um vampiro diz que está com fome só significa uma coisa. Yui é empurrada para o chão. Ele sorri lentamente para Yui e informa que é tarde demais para se arrepender. Ele tem certeza de que seu sangue será razoavelmente doce e delicioso. Yui fecha os olhos ao sentir as presas na parte de trás de seu pescoço enquanto Kanato sussura em sua orelha que ele vai beber tudo. Yui entra em pânico e pergunta o deveria fazer.

Ela de repente tem uma ideia e pede para ele esperar. Kanato pergunta o que ela quer. Yui grita: “Tome isso!”. Ele pisca confuso enquanto Laito começa rir. Ele acha engraçado que ela está levantando um rosário. Reiji comenta sobre o fato dela usar métodos clássicos. Que ridículo.

Yui comenta hesitante que vampiros deveriam odiar cruz, alho e água benta. Ayato pergunta que tipo de contos de fadas são esses. Depois, Laito aparece ao lado de Yui que se encolhe com a rapidez novamente. Laito agradece pela refeição e Yui gritar que seu sangue não é barato! Ela grita que se alguém vai chupar seu sangue, então ela que vai escolher. Ayato fica surpreso enquanto Reiji comenta que ela está agindo como uma prostituta de alta classe. Subaru zomba de ridículo tudo aquilo é e vai embora.

Reiji friamente informa que também vai recusar essa menina indisciplinada. Shu comenta que tudo é chato, mandando o resto se apressar e acabar logo com isso. Kanato bufa e concorda que é melhor as perturbações saírem. Em seguida, ele sorri e diz calmamente à ela que se não o escolher… ele dirige suas próximas palavras para Teddy e fala que juntos vão despedaçá-la.

Então, obviamente, Kanato é o escolhido aqui. Ele ri antes de contar à ela que sabia que ela iria fazer isso e promete que não vai fazer nada de mal à ela, confirmando com Teddy. Ela vê que escolheu a pessoa errada, mas acha que os outros não são tão diferentes. Kanato começa a rir, o que faz Yui recuar, mas Shu o interrompe e diz que ele não têm permissão para matá-la. Kanato lentamente pergunta por quê e então acha que Shu está mentindo só para intimidá-lo. Shu suspira e responde que não sabe. “Aquela pessoa” disse a ele para tratar Yui com hospitalidade. Yui grita que ele deveria ter dito isso mais cedo. Shu responde simplesmente que era problemático.

Todos começam a se perguntar o que “aquela pessoa” está tramando. Yui diz que não consegue acompanhar a conversa, o que faz Ayato mandar ela calar a boca. Isso é problema da família. Mais uma vez, Shu lembra Kanato de não matá-la. Kanato resmunga que isso é irritante e que todos ficam em seu caminho. Então alerta Yui em voz baixa para não provocá-lo. Yui recua com seu tom de voz, mas se lembra que tem que contatar o pai de alguma forma e escapar daquele lugar.

———————————————-
DARK
———————————————-

Em uma noite chuvosa e fria, Yui tenta conversar com Kanato, mas ele só fica dando fora nela dizendo que que se não tem nada pra fazer ali, então pode ir embora logo porque ela é irritante. Mas Yui continua insistindo (se toca sua chata >_>’) e pergunta sobre seu ursinho fofinho. Kanato responde secamente que seu nome é Teddy e a repreende quando ela o cumprimenta de forma íntima. Depois, Yui oferece um chá quente pra ele que após tomar um gole despeja na mão dela. Kanato grita que gosta de coisas doces e Yui reclama que ele não precisava precisava ter feito algo assim. Ele fica tipo: VOCÊ ESTÁ RESPONDENDO PRA MIM? Em seguida, sua voz fica mansa novamente enquanto pega a mão dela e comenta que deve ter doído, dando um beijo. Ela fica surpresa e cora. Kanato sorri, perguntando se ela entendia o que significava escolher ele. Assustada, ela ouve Kanato dizer sorrindo que ele irá gravar em todo seu corpo, tudo e qualquer coisa dele.

Yui está jantando e Kanato ordena que ela prepare uma refeição para ele. Ela vai para a cozinha determinada a preparar alguma coisa doce que ele goste. De repente, Kanato aparece e pergunta se ela já decidiu o que fazer e ordena que se apressasse, porque ele não gosta de esperar. Quando ela finalmente termina e entra na sala de jantar, Yui pede desculpas pela demora. Mas Kanato grita que ela demorou muito e joga a comida que ela fez no chão. Yui se defende dizendo que fez o mais rápido que pôde, mas ele grita para ela calar a boca e NÃO RESPONDER PRA ELE. Ele diz que se ela não entende só com palavras, então deve ser mais fácil ensinar seu corpo e comenta sobre quão conveniente é ter um garfo ali. Ele a agarra e começa a furá-la, enquanto ela grita de dor, mas ele diz calmamente que não gosta de barulho e que se ela gritar de novo, vai fazer mais ferimentos. Enquanto Yui se contém, Kanato ri loucamente e diz que a forma como ela está suportando a dor, como uma boneca, é kawaii. “totemo kawain desukara… fu fu.”( ; ̄3 ̄) Ele continua a furá-la, enquanto ri histericamente.

Um dia, Kanato mostra à Yui um quarto cheio de bonecas de cera. Yui está incomodada e Kanato pergunta se há alguma coisa errada, porque não parece que ela está se divertindo. Ele pergunta se ela gosta daquilo e Yui mente dizendo que sim, que é interessante. Entretanto, ele sabe que ELA ESTÁ MENTINDO e acusa Yui de tentar enganá-lo, pressionando-a para pedir desculpas. YUI PEDE DESCULPAS e diz que não achava que ele ficaria tão magoado com sua mentira. Kanato sorri e volta ao normal rapidamente e a besta da Yui nem desconfiou disso. Kanato retorna à conversa anterior e ela confirma que não gosta deste lugar, só acha o Teddy fofo. Kanato diz que isso é óbvio já que Teddy é a coisa mais fofa do mundo. Então Kanato muda de assunto e começa a falar que acha que ela ficaria linda como uma boneca, contando todo o processo de transformação, o que assusta Yui. Kanato ri e comenta sobre como a reação dela é linda. Ele sussurra perto de seu ouvido que essa expressão foi adorável. Foi muito maravilhosa. Ele pergunta por que seu rosto de medo é tão convidativo.

Ambos estão na sala de jogos e Kanato chama Yui para jogar xadrez, porque está entediado. Ele diz que lhe dará um vantagem e que seu adversário será Teddy (mas acaba sendo ele, né). Kanato fala com Teddy sobre todos os movimentos e Yui percebe que a forma como eles conversam é completamente diferente da maneira como ele a trata. Eles continuam a jogar até que Kanato começa a chorar ao ver que está perdendo. Ela não consegue deixar de sorrir , achando essa atitude bonitinha. De repente ele grita que ela estava rindo dele e exige que ela peça desculpas imediatamente, jogando o tabuleiro de xadrez pra longe. ELA RAPIDAMENTE PEDE DESCULPAS, mas ele não fica satisfeito e rasga sua roupa. Kanato sorri dizendo que ela gritou de propósito só pra irritá-lo. Yui nega e CONTINUA A PEDIR DESCULPAS. Ele ri e comenta sobre quão surpreendente e miserável está sua aparência agora. Ele pede à ela para se rastejar no chão que talvez ele a perdoe. Yui fecha os olhos e PEDE DESCULPAS mais uma vez. Kanato ri dizendo que ela é kawaii e lhe da uma lambida enquanto Yui tenta entender o que se passa na cabeça dele.

Num cemitério, Kanato diz à Yui que ama aquele lugar e que o cheiro de morte o anima. De repente, Kanato desaparece e começa a insultar Yui de todas as direções, dizendo coisas de emo como “cemitérios são lugares onde vivos são engolidos pela morte” ou “que todo mundo que é abraçado pela morte afunda numa doce escuridão” (bah, me poupe seu mini emo (◞‸ლ)). Depois, o rosário dela cai e Kanato reaparece, sentindo um poder estranho e incômodo vindo do objeto, pedindo em seguida para dar a ele para queimá-lo. YUI PEDE DESCULPAS, mas se recusa a entregar dizendo que é muito importante para ela, tanto quanto Teddy é para Kanato, mas ele rosna mandando ela não colocar tal coisa no mesmo nível que Teddy. Quando ela começa a chorar ele acha isso bonitinho e deixa tudo pra lá.

Na escola, Yui foi comprar doces para Kanato quando encontra Ayato. Ele ri e pergunta se ela virou serva do Kanato, mas ela nega dizendo que é apenas para deixá-lo de bom humor. Ayato diz que ficaria com Yui se ela mudasse de ideia e em seguida tenta sugar seu sangue. Ela grita pelo nome de Kanato, que aparece, dizendo friamente para Ayato não tocar na sua presa. Ayato provoca e resolve continuar a atacar Yui, então Kanato começa a deixar cair suas falsas lágrimas. Ayato reclama que ele não quer ver sua cara feia de choro e o agarra mandando-o parar com essa mania de choramingar, acrescentando que ele é muito mimado. De saco cheio, Ayato vai embora e Yui fica aliviada por ter sido salva por Kanato, mas ele a acusa de ter seduzido Ayato.

Na sala de música, Yui encontra Kanato cantando Scarborough Fair. Ele para quando percebe que ela está olhando para ele e fica irritado. ELA SE DESCULPA e confessa que gostou muito da canção, mas ele fica ainda mais irritado. Yui pergunta por que está tão chateado e Kanato responde aos berros que não sabe o porquê, mas quando está com ela, sempre fica irritado. Ele a agarra e diz calmamente que está com sede, se aproximando dela, dizendo que quer beber seu sangue. Ele lembra que esta é a primeira vez que estará sugando, então ele vai lhe dar uma dor que nunca vai esquecer. Ele começa a morder e Yui grita pra ele parar porque dói, mas Kanato manda ela ficar quieta, porque é barulhenta. Ela continua a chorar de dor e implora para ele parar porque dói muito e Kanato cede, sugando suavemente em seu pescoço. Yui se sente eletrificada, não conseguindo pensar em nada enquanto Kanato elogia a qualidade de seu sangue.

Um dia, Kanato a leva para a sala de tortura para arrumar as coisas. Yui começa a ficar horrorizada ao perceber que aquela sala estava cheia de instrumentos de tortura desconhecidos e que foram utilizados. Kanato informa que não tem intenção de usar esses instrumentos nela agora e Yui estremece porque ele disse “agora”. Ele mostra à ela uma Iron Maiden e ela diz que já viu uma no quarto do Ayato. Kanato claramente fica irritado ao saber que ela esteve na quarto de Ayato, mas Yui se defende explicando que a porta estava aberta e que quando foi fechá-la, viu o que estava lá dentro, só que não entrou. Kanato manda ela calar a boca e a acusa de mentir. ELA RESPONDE que não está mentindo e ele grita pra ela calar a boca, avisando que da próxima vez que disser o nome de Ayato e Laito na sua frente, vai matá-la. Kanato explica que ele ama seus dois irmãos porque são trigêmeos, mas que é também por isso que ele os odeia (heim?). ( o_ô)

Kanato chama Yui para seu quarto, mas ela acha perigoso e PEDE DESCULPAS, tentando sair dando uma justificativa esfarrapada. Kanato manda ela calar a boca e a joga na cama, mordendo-a em seguida. Ela diz pra não fazer isso porque ele está excepcionalmente estranho hoje, mas Kanato a acusa de o odiar e o achar um incômodo. Ela nega, mas depois ele revela que na verdade não liga pro que ela pensa dele. Ele suga o sangue da mão dela, perguntando por que será que ela tem um cheiro tão nostálgico. Ela sente dor e acha que nunca vai se acostumar com isso, mas no momento em que Kanato diz que irá fazer ela se sentir bem, de repente, tudo muda. Um prazer fluiu através dela que faz até seus olhos ficarem desorientados, não conseguindo pensar em nada.

Kanato percebe que ultimamente Yui não parece muito disposta e a leva para um jardim de rosas. Ele a teletransporta para um castelo! Surpresa, pergunta que lugar é aquele, mas Kanato diz que isso não importa e ELA SE DESCULPA. Eles passeiam pelo jardim e tudo que Yui diz é o quão incrível é aquele lugar, o que faz Kanato reclamar que ela só sabe dizer isso, mas ela não tem palavras pra descrever e ele ri. De repente, Kanato pergunta se ela está mais tranquila, mas antes que ela confunda as coisa ele explica que só está preocupado com o seu sangue. Antes de Yui começar a lamentar por isso, uma bela rosa chama sua atenção e Kanato diz que seria ainda mais bonita se estivesse coberta de sangue. Kanato a arranca, espetando sua mão e a cobrindo com seu sangue, oferecendo à Yui, que fica visivelmente com medo. Ele reclama que mulheres humanas não gostam de ter prazer antes de um beijo, então a beija, acrescentando que assim ela não vai mais ficar com medo dele, certo?

Yui acorda e encontra Kanato dormindo ao lado dela. Ela pergunta à ele por que está em seu quarto, mas ele cai no sono logo depois, sem dar uma resposta. Ela decide se levantar e acidentalmente chuta Teddy pro chão. Kanato acorda imediatamente e tem um chilique, acusando-a de ter feito isso de propósito. ELA PEDE DESCULPAS, mas ele não vai perdoá-la! Ele diz que qualquer um que tentar tirar Teddy dele irá morrer. Ela tenta explicar que não quis tirar Teddy dele, fazendo Kanato parar sua birra e começa a chorar. Ela se desculpa novamente e ele choraminga que se ela fizer isso de novo, não vai perdoá-la (INSTINTO MATERNAL ON (〃゚艸゚) ).

Yui está na floresta procurando Kanato em meio à chuva. Ela o encontra e percebe que seu braço está sangrando. Ele não quer que ela olhe e diz que vai se curar rapidamente, não precisa de cuidados. Ele pergunta por que ela estava procurando ele, mas Yui não sabe. Tudo o que ela sabia é que ela simplesmente não queria deixá-lo sozinho. Kanato a chama de intrometida e tenta testá-la, pedindo para beber o sangue de sua ferida se ela realmente quer ficar do seu lado. Yui se recusa, levando-o a rasgar sua roupa e a dizer que decidiu fazer dela uma escrava do prazer (pff!). Ele vai fazer com que ela não possa existir sem ele, mordendo-a em seguida.

———————————————-
MANIAC
———————————————-

Neste prólogo, temos um flashback. Kanato está num túnel cantando Scarborough Fair. Sua mãe, Cordelia, está lá, gemendo junto com Richter. Eles estão se pegando na frente do menino (perua nojenta!). Richter pergunta à Cordelia se está tudo bem fazerem na frente da criança e ela diz que sim, porque Kanato a ama, não importa o quê. Enquanto isso, Kanato está conversando sozinho com Teddy sobre doces e Cordelia comenta que a especialidade dele é brincar sozinho. De volta ao presente, Yui o encontra na escola e está preocupada com ele, mas ele a rejeita mandado parar de fazer perguntas inúteis. Yui PEDE DESCULPAS e Kanato sorri sugerindo que voltem pra casa. Antes de irem, Yui oferece uma torta de maçã pra ele. Kanato manda ela dar na sua boca que morde a torta e seu dedo, o que a faz gemer de dor. Ele ri baixinho antes de perguntar se dói… ou se é prazeroso.

Em seu quarto, Yui está se preparando pra ir à escola quando Kanato entra gritando o nome dela. Ele quer saber onde ela colocou Teddy. Ele acha que ela escondeu o ursinho porque o odeia e quer irritá-lo, mas ela nega, o que o faz gritar e chorar, acusando-a insistentemente. Ela explica que entende o que ele sente porque se perdesse seu rosário também se sentiria assim, já que é importante pra ela, tanto quanto Teddy é pra ele. Mas uma vez ele diz pra não colocar aquela coisa no mesmo nível que Teddy. Então, ele se acalma e sugere que procurem juntos por Teddy, só que Reiji aparece com o urso. Ele o achou debaixo do sofá enquanto limpava a sala (LOL, Reiji faxineiro xD). Ele acha que Ayato o colocou lá para irritar Kanato, que confirma o cheiro dele no urso. Yui pergunta se Kanato está feliz agora que achou Teddy e ele diz que sim porque não terá mais que esquartejá-la. ( ⊙0⊙)

Kanato está sentado na varanda, cantando. Yui está preocupada porque acha que ele vai cair, mas ele diz que não precisa se preocupar. Se realmente quer que desça, ela tem que lhe dar um beijo. Ela pede que feche os olhos, mas Kanato recusa porque quer ver que tipo de expressão ela faz quando beija. Yui obedece e ele ri de seu beijo rápido, chamando-a de idiota. Como prometido, Kanato desce, só que pulando da varanda e Yui entra em pânico. Ela corre para a sala, apenas para ver ele entrar sem nenhum arranhão. Yui pergunta se ele quer morrer e ele responde que sim, só que ainda não. Kanato só quer morrer depois que matar todos que ama, coberto pelo sangue deles. Yui questiona por que Kanato, de vez em quando, sorri com olhos tão frios que lhe dão arrepios.

Yui foi pegar uns itens que seu professor mandou, quando encontra Laito. Ela pede pra ele lhe mostrar onde fica a sala, pois, segundo ele, está indo pra lá também. Laito pergunta se ela não fica preocupada de ser vista com ele por Kanato, já que ele tem raiva quando a vê com um dos irmãos. Ele comenta que sabe que Yui ainda é virgem, porque consegue sentir isso pelo seu cheiro, deixando Yui chocada por saber que uma coisa como essa é perceptível. (WOW ‘0’) Kanato aparece, agarrando Yui e a arrastando para longe, enquanto Laito aconselha Kanato que se continuar a perder tempo, ela será raptada, deixando Yui confusa e sem entender o que ele quis dizer. Furioso, ele pergunta a quem ela pertence e Yui percebe que não pode lhe dar uma resposta errada, estando neste estado, respondendo que pertence à ele. Antes de sugar seu sangue, ele manda Yui olhar para o espelho e ver a expressão suja que ela normalmente faz quando está em seus braços.

Na biblioteca da escola, Yui decide estudar para as próximas provas antes de ir para casa. Kanato diz que está com tempo livre e pede à Yui para brincar com ele. Ela quer estudar, mas isso obviamente o irrita e a atmosfera em torno dele muda. Ele lança um feitiço que permite que Teddy seja possuído por um espírito de um maníaco sexual! (MEDOOOOOO) (;゚Д゚) Kanato manda Teddy segurar Yui enquanto puxa uma faca e usa para castigá-la. Ele comenta como ela é ridícula e interessante. Yui pergunta por que ele está fazendo isso e comenta que assim pode ver um humano ser mais patético do que ele. Kanato a corta e depois bebe o sangue de suas feridas, gemendo o quão delicioso é o sangue dela. Yui está gritando de dor, mas Kanato a força a dizer que sente prazer. Ele ri docemente ao ver a forma como ela está dizendo isso. Então ele começa a distribuir beijos gentis sobre ela, deixando-a mais confusa. Por que ele faz essas coisas cruéis com ela, mas ainda assim, por que seus beijos são tão amáveis?

Depois da escola, Yui e Kanato vão à cidade. Kanato está de mau humor porque ele odeia multidões. Tentando distraí-lo, Yui pergunta o que ele quer comprar e ele responde que o aniversário de Teddy está chegando, por isso quer comprar roupas novas como presente. Uma pessoa na rua esbarra acidentalmente em Kanato, derrubando Teddy de seus braços. Kanato fica furioso porque seu ursinho caiu no chão sujo e quer matar o homem pelo que fez. Ele tenta ir atrás dele, mas Yui o impede. Kanato a culpa pelo que aconteceu, chamando a atenção das pessoas ao seu redor. Quando ele começa a chorar, Yui PEDE DESCULPAS e promete que quando chegarem em casa vai lhe dar seu sangue. Ele pergunta se é só isso e fala que quer doces também, especificamente uma torta de maçã feita por ela. Yui concorda e ele imediatamente se anima. Ela acha que não teve culpa do que aconteceu, mas ver Kanato contente a deixa feliz também.

Yui está se sentindo mal e vai para a enfermaria da escola descansar. A enfermeira não está, então ela decide se deitar em uma das camas. Ela acha que está com anemia porque Kanato tem bebido seu sangue com mais freqüência. Kanato entra, dizendo que a viu no corredor e decidiu segui-la. A aula estava chata, então ele achou que ela poderia entretê-lo. Ele percebe que ela não está bem e comenta que não vai sugar seu sangue agora. Yui pergunta se ele está preocupado com ela e ele nega, chamando-a de convencida e idiota. Depois, Shu aparece querendo tirar uma soneca. Ele vai para a cama ao lado de Yui e Kanato o manda ir para outro lugar, já que ele não quer que Shu durma perto dela. Shu o ignora e Kanato diz pra Yui se levantar para irem pra casa. De forma alguma vai permitir que Yui durma no mesmo quarto com alguém que não seja ele. Yui se pergunta se ele está com ciúmes e percebe que está feliz com isso.

Yui está de pé na frente do quarto de Kanato, preocupada com ele porque se trancou nos últimos dias. Está chovendo e ela já notou que ele age estranho quando chove. Como não há resposta quando ela bate, se vira para sair, mas a porta se abre e ele a puxa para dentro. Kanato está chorando e de repente a abraça. Ele implora para que ela não o deixe, que não quer ficar sozinho. Yui avisa que Teddy está no chão, algo que Kanato normalmente não faz. Ela tenta perguntar o que há de errado e diz que não vai deixá-lo. Ele chora que está com frio e as tentativas de Yui em lhe aquecer falham, já que ele não quer dizer no sentido físico. Kanato pede para ela fazer alguma coisa para aliviar seu sofrimento e que ele só quer uma coisa. Ele começa a engasgar Yui, perguntando se ela vai aliviar esse frio. Yui percebe que não pode deixar ele sozinho e luta para ficar consciente. Em seu monólogo, ela se pergunta por que não consegue odiar Kanato depois de tudo que fez com ela.

Eles estão na floresta, perto de um lago. É noite de lua cheia e Kanato começa a comentar sobre como ela é bonita… a lua. Yui tenta conversar sobre isso, mas Kanato a faz parecer uma idiota, rejeitando seus comentários.  (。-∀-) De repente, seu humor muda. Ele joga uma pedra na água e as ondas distorcem o reflexo da lua no lago. Kanato sorri friamente e confessa que quer destruir todas as coisas lindas. Depois ele diz algumas coisas emo sobre querer apagar a sua existência deste mundo. Yui fica confusa e pergunta do que ele está falando. Ele ri baixinho antes lhe assegurar que não estava falando dela, acrescentando que ela não é tão bonita assim. Yui fica incomodada com a expressão dele e cai no chão quando ele de repente se aproxima. Ele diz que não vai precisar quebrá-la, mas que só precisa manchá-la. Ele a beija profundamente e depois começa a tirar sua roupa. Yui tenta pará-lo, mas ele continua a beijá-la. Ela pergunta se ele não vai tomar seu sangue. Ele diz vai fazer algo mais doloroso e prazeroso. Diz ainda que ele está surpreso por ter chegado a esse ponto. Quando Yui o olha confusa, ele explica que inesperadamente se interessou por ela e que devia se sentir honrada, mas se resistir, vai rasgar sua garganta. Eles fazem sexo ali mesmo, enquanto Yui se pergunta o que ela sente por Kanato. (Isso foi estupro… certo? (;゚Д゚))

No canal subterrâneo, eles conversam sobre algumas coisas, tipo sobre o pai dele ser o líder dos vampiros. Kanato está cansado de olhar para o canal escuro e pede para Yui lhe emprestar seu colo. Ele também quer que ela segure Teddy, deixando-a surpresa. Ele nota sua inquietação e explica que fez isso simplesmente porque confia nela, já que eles sentiram a pele nua um do outro. (〃゚艸゚)  Será que ela já esqueceu do que aconteceu no lago? Envergonhada, Yui deixa escapar que esqueceu e Kanato sorri, dizendo que nesse caso, se fizerem aquilo de novo, ela vai se lembrar, certo? Imediatamente ela diz que ainda se lembra e ele pergunta por que ela mentiu então, achando que fez isso porque queria ser punida. Ele a morde na coxa, o que a deixa vermelha. Ela fecha os olhos, mas ele se levanta e manda ela dizer que o ama. Ela fica ainda mais vermelha enquanto Kanato continua a sussurrar em seu ouvido, pedindo para ela dizer.

No salão de dança do castelo, Yui está procurando Kanato. De repente Laito e Ayato aparecem, perguntando o que ela faz ali. Hesitante, admite que se perdeu de Kanato. Os dois irmãos concordam que se pegarem ela ali vai ter problemas e dizem que viram Kanato perto de um espelho. Ela corre pra lá e o encontra. Kanato sorri friamente, comentando como ele parece com aquela pessoa. Talvez seja por causa desse cheiro nostálgico. Ayato e Laito aparecem novamente e chamam Kanato de narcisita por ficar se olhando no espelho. Yui comenta que Kanato tem um rosto bonito e ele responde irritado que não estava se olhando no espelho por causa disso, mas porque seu rosto é semelhante com o daquela pessoa. Ayato e Laito concordam e de repente Kanato fica irritado, quebrando o espelho, machucando sua mão. Ele diz à Yui para lamber seu sangue, mas ela diz que não pode fazer isso enquanto os outros dois estão assistindo. Mas ele insiste, senão ela vai lamber as gostas que caíram no chão. Ela então obedece e Ayato e Laito zombam dela, fazendo-a se sentir humilhada.

No banheiro, Kanato está se olhando no espelho enquanto sorri, dizendo que seu rosto é o mesmo de sempre, mais semelhante do que ninguém… o que o deixa feliz. De repente, ele comenta com Teddy que ultimamente tem se sentido um pouco estranho. Mesmo olhando para o espelho e conversando com Teddy, ele fica pensando em outra pessoa. Sim, a Yui. Ele diz à Teddy que quer fazer a garota só dele. Teddy deve estar querendo um companheiro também, acrescentando que precisa pensar em como transformá-la em uma boneca. Depois de falar um monte de coisas emo, ele pergunta à Teddy o que fazer e concorda que vão pensar sobre isso juntos. Na melhor maneira de matar Yui… aff. ( o・_・o)”

———————————————-
ECSTASY
———————————————-

Em um fashback, Cordelia chama por Kanato no salão de dança. Ela pergunta o que ele estava fazendo e ele responde que estava fazendo bonecas. Ela sorri e diz que ama suas bonecas e que ele deveria criar mais. Kanato responde que não tem mais materiais. Ela diz que amanhã vai lhe dar um homem, já que ela está cansada dele. Kanato agradece com um sorriso e Cordelia lhe diz para agradecer com uma canção. Kanato acena feliz e canta. Cordelia realmente ama o seu canto e admite que quando ouve essa voz fica excitada (arg, francamente, essa piriguete me dá nojo! ( ಠ_ಠ) ). Confuso, Kanato repete suas palavras e Cordelia o chama de seu canário, mandando-o cantar muito esta noite. No presente, Kanato está cantando Scarborough Fair no jardim e Yui o encontra. Preocupada, ela pergunta se há algo errado. De repente, Kanato se pergunta por que ele não percebeu até agora. Que ela é semelhante àquela pessoa. Yui está confusa e ele sussurra em seu ouvido que seu aroma é nostálgico… muito semelhante àquela essa pessoa. Yui tenta perguntar de quem ele está falando, mas ele apenas sorri e a beija. Ela tenta perguntar a ele entre seus beijos se aconteceu alguma coisa, mas ele apenas manda ela ficar em silêncio, porque é falta de educação falar no meio de um beijo. Então, Kanato sorri e diz que tem algo que quer que ela saiba. Ele sussurra que a ama loucamente. (moleque quente (●´ω`●))

No quarto de Kanato, Yui o vê chorando. Teddy está com a barriga rasgada. Kanato explica que isso aconteceu quando ele o puxou e Yui garante que vai ficar tudo bem, pois ela vai costurá-lo. Kanato concorda e pede que cuide de Teddy. Yui promete que sim, mas então percebe que tem algo dentro do estômago de Teddy. É uma garrafinha com cinzas (da mamãe Cordelia). Kanato explica que é um medicamento que faz com que ele se sinta bem. Ela acha suspeito, mas Kanato come um pouco e depois oferece à ela. Ela come e de repente Kanato começa a rir, achando que isso foi bom e que o deixou feliz.

Yui está tomando banho e quando termina, ao abrir a porta, Laito e Ayato aparecem e a agarram. Eles estão entediados e por isso a querem. Ayato a beija à força e Laito acha injusto porque ele queria beijá-la primeiro. Ayato manda ele calar a boca porque o mais rápido é o vencedor. Yui tenta dizer pra ele parar, mas ele a cala com outro beijo. Laito afunda suas presas no pescoço dela. Ela abre a boca para ofegar de dor, mas Ayato aproveita para empurrar sua língua dentro. ( ⊙//0//⊙) De repente, Kanato aparece, dizendo que ela é sua refeição. Depois os dois vão embora e Kanato pergunta que tipo de punição ela quer. Ela tenta SE DESCULPAR, mas isso faz com que Kanato entenda que ela admite que estava seduzindo os dois. Yui continua pedindo desculpas, mas ele não quer perdoá-la. Então, ele decide castigá-la, mordendo nos mesmos lugares que Laito e Ayato a tocaram, começando pelo pescoço. Yui grita de dor quando ele a morde com força e em seguida, o lugar onde Ayato esteve. Ele a beija, porque se mordesse seus lábios ela ficaria feia. Yui  reflete que seu pescoço dói, no entanto, por que este beijo é tão delicado?

No quarto de Kanato, eles estão olhando a lua cheia vermelha. Ele comenta que gosta dessa cor e que por isso está muito excitado esta noite. Yui fica confusa enquanto Kanato pede que ela olhe para seus olhos. Ela obedece e percebe que não consegue mover seu corpo. Ele sorri e explica que lançou uma ordem para ela ser uma boneca, sem se mexer ou falar. Ele começa a tirar a roupa dela, dizendo que Teddy quer vê-la desarrumada, porque está sempre escondendo seu corpo. Depois, Kanato a provoca lambendo na orelha, no queixo e no pescoço. Interiormente, Yui está tentando resistir, mas não pode suportar isso. Seu rosto está vermelho e depois de estalar os dedos e permitir que ela fale, ele pergunta docemente o que quer que ele faça? Ela timidamente pede um beijo e ele a beija suavemente, enquanto desliza suas mãos sobre ela. Ele sussurra que a ama e Yui acha que ela também o ama. (⊙ω⊙ )

No salão de dança, Kanato e Yui estão num evento cheio de vampiros, organizado pelo seu pai. Ele explica que todos os filhos deverão fazer um discurso e Yui quer saber que tipo de discurso Kanato fará, mas ele diz que uma confusão vai interromper o discurso. O lustre caiu, surpreendendo Yui quando alguns vampiros saltaram numa velocidade incrível. Kanato suspira, comentando que seria melhor se todos morressem e ordena que Yui concorde com ele, lambendo seu pescoço. Ela fecha os olhos enquanto repete que teria sido melhor se todos morressem. Kanato ri baixinho e concorda antes de elogiá-la por ser uma boa menina. Ele diz que quando voltarem pra casa, vai amá-la a noite toda. Ela concorda timidamente. ( menina, você tá corrompida ( ͡° ͜ʖ ͡°)  )

Yui está na sala, que por sinal está uma bagunça. Parece que o furacão Subaru passou por ali, então ela resolve limpar tudo. LOL. Kanato aparece e se oferece pra ajudar, deixando Yui surpresa e confusa, perguntando se ele comeu alguma coisa estranha (AHSUAHSIUADHSASDUHAI). Kanato a chama de idiota e explica que só está fazendo isso por falta do que fazer (mode tsun ON). Ele pede uma corda para amarrar umas revistas e Yui entrega, ainda incrédula que ele está mesmo ajudando. Enquanto isso, Kanato não consegue amarrar direito e Yui ri, tentando ensiná-lo. Ele diz que isso é chato e que é mais interessante amarrar ela. Kanato amarra os pulsos de Yui que reclama de dor. Ele explica que ela o pertence e que não tem problema amarrá-la. Em seguida, ele a manda ficar de quatro e dizer que não pode viver sem ele. Ela obedece e repete. Ele ri baixinho e a elogia por ser uma boa menina.

Kanato e Yui vão para o jardim. Ele mostra à ela uma flor que só floresce ali, uma rosa vermelha escura vívida, que surpreende Yui. Eles conversam sobre a flor e Kanato admite que, por algum motivo, depois de ver esta flor, ele queria mostrar à ela. Yui agradece e diz interiormente que nunca pensou que ele faria algo assim, mas quando está de bom humor, ele tende a fazer coisas fofas do tipo. De repente, um cara sai dos arbustos. Ele explica que está ferido por causa do Subaru depois de uma briga e que por isso vai usar Kanato pra se vingar! Yui fica surpresa pela forma como esse cara acredita que pode atacar Kanato como um substituto do Subaru, ele não é páreo para ele. O sujeito explica que Kanato parece ser o mais fraco entre todos os seus irmãos. Kanato ri e zomba da pertinência do sujeito que o ataca, mas Kanato simplesmente evita seus ataques. Então, do nada o cara pega fogo, deixando Yui atordoada, não acreditando que o homem morreu. Kanato retorna para o lado dela e diz com um sorriso para não fazer essa expressão porque está tudo bem, que isso não foi um assassinato irracional. Foi legítima defesa. E que se ela não quiser ter o mesmo destino, melhor ficar calada sobre o que aconteceu. Em sua mente, Yui conclui que é melhor não questioná-lo.

Eles estão na sala de bonecas e Yui continua achando aquele lugar assustador. Ela acha as bonecas de cera muito realistas. (ISSO É PORQUE SÃO!) Quando ela olha para elas, começa a se sentir mal e Kanato percebe sua palidez. Ele pergunta se ela está anêmica de novo, mas ela garante que está bem. Ele não questiona, mas fica desconfiado. Yui diz a si mesma que precisa gostar daquelas bonecas já que são coisas que Kanato gosta. Ele de repente sorri e decide que vai apresentar as que ele mais gosta. Uma delas era empregada doméstica “daquela pessoa”. Depois ele mostra um homem alto com chapéu que era um jardineiro “daquela pessoa”. Ele tinha um rosto bonito e foi muito amado, mas “aquela pessoa” se cansou dele. Yui começa a desconfiar do que tá acontecendo ali, mas tenta negar pra si. Kanato nota sua reação e pergunta se ela está com medo dele. Ela confessa que sim e PEDE DESCULPAS porque essas bonecas de cera são um pouco estranhas para ela. Ele sorri dizendo a ela para não se preocupar. Yui pergunta quem é “aquela pessoa” e ele diz que estava falando de Teddy (LOL). Kanato diz que recentemente perdeu o interesse em suas bonecas por causa dela e pede para assumir a responsabilidade. Ela responde que vai estar sempre ao seu lado. Ele a elogia por ser uma boa menina, assim como ele achou que seria. Será que ela gostaria de uma recompensa? Ela cora levemente quando ele pergunta onde deve sugar o sangue dela hoje. Ele pergunta se ela gostaria de ser sugada por trás. Ele tem certeza de que ela vai se sentir bem. Yui suspira de prazer. Ela já está cheia de pensamentos sobre Kanato. Ela quer abraçá-lo. Dizer-lhe que vai estar ao seu lado quando ele chorar. É por isso que ela quer que ele abra seu coração. O que ele está pensando agora?

(Este capítulo é especial, por isso é o maior dos parágrafos ( ͡° ͜ʖ ͡°) ) Na floresta, durante o dia, Kanato comenta que não consegue parar de pensar em Yui, deixando-a corada. Ele continua a dizer que é estranho porque antes seu coração só pertencia à Teddy. Yui ainda está vermelha e pergunta se ele gosta dela. Ele responde categoricamente que sim, porque ela está sempre ao seu lado, ao contrário “daquela pessoa”. Yui diz que não vai deixá-lo sozinho. Ele sorri e diz a ela que está feliz e que não pode mais viver sem ela. Yui também diz que sente o mesmo e Kanato queima Teddy, dizendo que não precisa mais “disso” então. Em choque, Yui não acredita que ele fez isso com algo tão precioso, mas Kanato sussurra em seu ouvido que esta é a prova de seu amor. Ela declara que está feliz e ele diz com uma voz suave que quando ela faz esse tipo de expressão o seu auto-controle desaparece. Yui o olha confusa, mas ele só ri antes de admitir que ele não iria se conter desde o início. Ele a beija profundamente e então sussurra para ela colocar sua língua para fora. (Putz, isso tudo foi tão….! ( º///º)) Ela obedece e eles confessam que gostam da expressão de êxtase um do outro que fazem quando se beijam. Aí… eles transam. Quando anoitece, Yui acorda com Kanato ao seu lado. Ele comenta que depois de “fazerem”, ela ficou cansada e adormeceu. Ela PEDE DESCULPAS, mas ele diz que não se importa, porque ele não se cansa de ver seu rosto adormecido. Ela cora e interiormente torce para não ter feito nenhuma careta estranha. XD Kanato olha para o lugar onde ele a mordeu em seu pescoço como punição e pergunta se dói. Ele comenta que virou uma cicatriz que não desaparecerá por toda sua vida. Ele quer fazer a mesma coisa novamente, com mais força. Yui fica preocupada, mas entende que essa é a sua forma demonstrar seu amor. Ele diz a ela para fazer a mesma coisa com ele e seus olhos se arregalam. Kanato ressalta que, se ela o ama, então vai ser capaz de fazer. Ela pergunta se ele vai ficar feliz com isso e ele responde baixinho que sim. Então, mais uma vez eles fazem amor enquanto lentamente mordem o corpo um do outro; Kanato em seu ombro; ela em seu dedo (credo ¬¬’). Era diferente das vezes em que seu sangue foi sugado. Ainda doía o suficiente para fazê-la gritar, mas Kanato estava feliz, então ela também estava feliz. Ser capaz de compreender os sentimentos um do outro é uma coisa maravilhosa. Ela é grata a Kanato. Ela quer ficar assim para sempre.

Yui está trancada no depósito da escola chamando implorando pra Kanato abrir a porta. A razão foi porque antes de virem pra escola, ela perdeu o rosário. Kanato diz que isso não importa, mas ela responde que é precioso (essa garota não tem bom senso… O MENINO QUEIMOU O PRECIOSO URSO POR VOCÊ!). Sua expressão congela, mas ela não percebe e acaba indo procurar em outro lugar, PEDINDO DESCULPAS a Kanato que apenas olha para suas costas enquanto ela sai. Na escola, Yui esbarra em Ayato e Laito, que estão com o rosário. Yui pede para devolvê-lo porque é precioso e eles perguntam o que ela vai dar em troca. Ela fecha os olhos em frustração, enquanto Laito sugere que ela grite bem alto para eles transarem com ela agora; alto o suficiente para Kanato ouvir. Eles ameaçam quebrar o rosário, mas antes que Yui pense em algo, Kanato aparece. Ele diz a ela que não vai perdoá-la se mostrar sua pele para os outros ou traí-lo gritando isso. De repente, ele grita com raiva que é estranho que ela não está abandonando aquele rosário! Não é?! Ayato e Laito devolvem o rosário e vão embora provocando Kanato, que em seguida tranca Yui por ter conversado com aqueles dois. A porta se abre e Kanato entra a olhando com raiva. Yui PEDE DESCULPAS, mas ele pergunta se não tem mais nada a dizer, fazendo uma chama aparecer de repente, ameaçando queimar tudo. Ela imediatamente diz que não vai mais falar com os nenhum de seus irmãos, com mais ninguém além dele. Então, ele decide perdoá-la, desde que se torne sua serva e ela concorda. Ele a chama de “boa menina” a beija, enquanto Yui se pergunta interiormente se isso também uma forma de amor.

Os dois estão na floresta e Yui parece meio perdida, perguntando que lugar é aquele. Kanato apenas comenta que o tempo esta noite está claro. É uma sensação boa, não é? Ela assente com a cabeça que sim então percebe que ambos estão de uniforme. Isso significa que eles estão voltando da escola? Ela não se lembra de nada. Ela está cambaleando e Kanato oferece sua mão, ela aceita e comenta que a mão dele é macia. Ela não lembra de muita coisa, mas se está com Kanato então não haverá nenhum problema, com certeza. Kanato diz sorrindo que está pensado em ir para um mundo onde só haja eles dois. Ela acha que ele ficaria sozinho, mas ele grita que isso é o que significa amá-lo! Será que ela não entende?! Ela se encolhe antes de PEDIR DESCULPAS por não entender; é claro que ele está certo. はい? (눈∀눈) Ele sorri suavemente e pergunta se ela morreria se ele dissesse pra ela morrer. Ela pisca em surpresa e cora timidamente, confessando que se ele quiser, então … sim. ええええええ??? (;゚Д゚) Kanato a elogia por ser uma boa menina, tão bonita e obediente. De repente, ele a abraça e depois a chama de idiota, porque, obviamente, ele estava brincando. Ela responde que está feliz então. Kanato sussurra docemente que ela pertence a ele para todo o sempre. “Kimi wa zutto zutto boku no mono desu” ( ‘3’) Ela balança a cabeça e diz que é claro que ela vai.

Em flashback, Kanato pergunta à sua mãe se há algo errado. Tem um buraco no peito dela. “Onde seu coração foi parar?” Sua voz está calma quando ele diz a sua mãe para acordar e procurarem juntos o coração dela. Mas não há resposta. Então ele começa a cantar Scarborough Fair. Ainda sem resposta, ele para de cantar. Ele comenta que ela já está morta. Ele ressalta que ele é a última pessoa a ver sua mãe. Está chovendo e ele a puxa para perto dele, murmurando sobre quão miserável ela está, toda molhada e fria. Ele diz que vai aquecê-la e começa a rir quando ela pega fogo. “Você se sente aquecida?” Sua risada fica mais histérica enquanto ele grita que ela está queimando. “Mamãe está em chamas! Com isso, ela finalmente se tornará minha… não é mesmo, mãe? Finalmente! Finalmente!” Ele ri ainda mais antes de dizer que vão ficar juntos para sempre a partir de agora. Então, Kanato acorda no quarto e ao lado dele Yui está dormindo profundamente. Ele a chama e diz para ela acordar, porque ele já acordou. Mas ela continua dormindo e ele lembrar que a noite passada deve ter sido demais pra ela. (⊙ω⊙ ) Ele continua a olhar e sorri, sussurrando que o rosto dela dormindo é bom de se ver. É como se ela estivesse morta e é muito lindo (isso não foi nada romântico). Ele confessa que não achava que teria uma outra pessoa que ele gostaria de fazer só dele. Ele sussurra que sempre vai amá-la… e quebrá-la. Ele confessa que não consegue evitar, ele quer quebrar coisas bonitas. “É por isso que… Eu vou te amar. Eu vou te quebrar. Eu vou te amar. Eu vou te quebrar. Eu vou te amar. Eu vou te quebrar. Para sempre e sempre… por toda a eternidade”.
———————————————-
FINAL 01
———————————————-

Eles estão no quarto de Kanato. Yui acaba de acordar e suas lembranças estão confusas. Ela não lembra da escola, nem de chamar Kanato sem “kun” (ok, isso soou estranho), do seu próprio pai, dos outros irmãos Sakamakis, “daquela pessoa” ou de qualquer outra coisa. Tudo o que tem na sua cabeça é o Kanato e ela passa um tempo dormindo e acordando, esquecendo ao pouco dessas coisas. Certa noite, Kanato chega cheirando a sangue. Ele foi matar seu tio chato porque ele era o próximo sucessor da família a ser escolhido antes dos outros seis irmãos. Ele era chato e sem cérebro. Depois ele diz que vai voltar quando o corpo dela mudar completamente. Ela está gradualmente perdendo sua humanidade. Está se tornando uma vampira. Kanato explica que nascer de novo como vampira é um pouco doloroso… mas ela gosta desse tipo de coisa, não é? Yui responde que está feliz porque ela ama tudo o que Kanato lhe dá. (hmmmm…. ok. (눈‸눈)). Quando ela dorme, seu coração começa a bater bem alto e a doer tanto que ela não consegue respirar. Mas ela está feliz porque esta dor é para poder ficar junto do Kanato para sempre.

Conclusão! Kanato virou o chefão da família e agora está junto com Yui na frente do castelo. Ela comenta sobre o quão grande é aquele lugar e Kanato explica que é o castelo do líder dos vampiros. Ela pergunta QUEM É QUE VAI LIMPAR TODO ESSE LUGAR ENORME? AKSPAOKOKDSA XD Ele diz que é só raptar uns humanos pra trabalhar dia e noite. Ela lembra que os seres humanos são fracos e que se eles fizerem isso, ficarão cansados imediatamente. Ele responde que quando eles entrarem em colapso, podem beber o sangue deles até ficarem secos e depois queimá-los. Ela concorda com esse plano. Depois, ele lembra que ela não sugou o sangue de um humano ainda e que vai trazer um monte deles pra ela descobrir que tipo de sangue prefere. Ela acena com a cabeça e agradece, mas lembra que a única pessoa com quem ela deve “misturar” seu corpo é ele. Porque ele obviamente também vai “fazer” apenas com ela (vocês entenderam, né?). Ela concorda e em seguida os sinos tocam anunciando a hora deles entrarem em seu novo lar. Ele sussurra em seu ouvido que superou todos os obstáculos e que todos estão mortos… (ELE MATOU OS IRMÃOS!?) Não há mais ninguém para atrapalhar sua felicidade. Ela diz que está feliz, que o relacionamento deles não pode ser quebrado, mesmo que a morte os separe… “Até a minha alma queimar, eu me comprometo a amar só você” (Não, obrigada. Prefiro um amor saudável e normal. passar bem.).

———————————————-
FINAL 02
———————————————-

YUI FICOU VICIADA NO KANATO! Ela ama a sua língua, seus dentes, a dor fraca que sente quando seu corpos se juntam. Ela adora o prazer que ele lhe dá. Ela o ama. Todos os dias, todas as noites, a qualquer hora, ela quer ser devorada. Em seu quarto, Kanato está sugando o sangue dela enquanto diz entre gemidos o quão deliciosa ela é. Yui está arfando de prazer quando ela implora para ele sugar mais. Ele sorri e a chama de gananciosa, mas ele atende a seus desejos. Ele sussurra que ele a ama e ela responde que ela também. Acontece que Yui está tão viciada no Kanato que não aguenta ficar sem ser pega por ele. Então, acaba cedendo às lambidas do Laito no telhado da escola; sendo sugada pelo Shu na sala de música; sendo mordida pelo Ayato no calabouço…. bem, ela se sente solitária sem Kanato e faz essas coisas sempre PEDINDO DESCULPAS mentalmente (bitch, please).

Um dia, Yui está no banheiro se trocando e Kanato entra. Ela está surpresa, mas ele diz que ela não tem porquê ficar envergonhada já que eles “fizeram” muitas vezes em lugares claros como este. Mas então ele diz que está achando algo estranho. Que ultimamente ela não tem tirado sua roupa, mas que só agora ficou curioso para saber o motivo. Ele diz que passou perto de seus irmãos e sentiu o cheiro dela em todos eles. Ela entra em pânico por dentro quando ele fica furioso e manda ela mostrar seu pescoço. Ela obedece PEDINDO DESCULPAS e mostra seu pescoço que está completamente vermelho e cheio de marcas de mordida. Ela fica PEDINDO INÚMERAS DESCULPAS enquanto Kanato vai reconhecendo cada mordida. Ayato é o único que ataca pela clavícula. As várias marcas no pescoço devem ser de Subaru e Laito. O único que não tem obsessão por qualquer parte é o Shu… e as orelhas são do Reiji. Yui deixa escapar que o único que ela ama é Kanato e que ela não se sente assim em relação aos outros. Kanato elogia a coragem dela em dizer essas palavras vazias e Yui CONTINUA A PEDIR DESCULPAS desesperadamente e admite que vai morrer se ele deixá-la.

Então ele se pergunta o que deve mandar ela fazer como pedido de desculpas. Ela sugere que vai matar os outros cinco irmãos. Dito e feito. O primeiro que morreu foi Reiji, esfaqueado por ela enquanto dormia devido a um chá preto que bebeu cheio de sonífero. Depois, Ayato e Laito. Ela disse que queria que eles sugassem o seu sangue e os chamou para o armazém da escola. Ela os trancou lá e botou fogo em tudo, queimando os dois até a morte. Shu foi o mais fácil. Ela se aproximou enquanto ele dormia e injetou um medicamento que ela pegou na sala de Reiji. Shu ficou imobilizado e ela botou fogo nele. (Shuuuuu mimimi…. (。TωT)) Subaru foi o mais perigoso e quase a matou depois que ela o atacou na escola, mas felizmente(!?) ele caiu pela escada e aproveitando a oportunidade, Yui o esfaqueou, queimando toda a escola depois. (meu papai… <_<)

No salão de dança, Kanato ri alegremente e a elogia por ser incrível. Ela realmente matou todos eles! Yui responde corada que trabalhou duro e pergunta se ele está satisfeito. Kanato ri antes dizer que sim. Ele está convencido de que ela o ama e a abraça por trás, sussurrando que como recompensa vai lhe dar muito amor esta noite. Entretanto, a partir de agora ele quer que ela trabalhe duro por ele. Yui concorda feliz e diz que ela vai sim. Kanato informa que ele irá recompensá-la, que hoje à noite vai sugar todo o sangue de seu corpo. Ela agradece alegremente e ele ri antes de morder seu pescoço. Kanato sussurra que ela é tão linda… tão linda… tão quebrada… O que ele estava procurando… poderia ter sido isso… Ele diz que ele vai amá-la por toda a eternidade. É por isso que ele quer quebrá-la mais e mais.

———————————————-
FINAL 03
———————————————-

Kanato está sugando o sangue de Yui no telhado da escola. Ele geme sobre o quão delicioso é o sangue dela e então percebe que ela está chorando. Ele pergunta se ela está chorando de felicidade e, embora a expressão de Yui seja de dor, ela só acena com a cabeça. Em sua mente, Yui diz que está feliz… SÓ QUE NÃO! Então, certo dia ela está na sala fofocando com os outros irmãos sobre como Kanato é assustador. Laito até manda ela se oferecer para Subaru como novo alvo e ele responde com um grunhido. XD Yui acha que Kanato é o único que precisa mudar ali e então, eles decidem se reunir todos os dias e criar um grupo de discussão para desenvolver um método para tornar Kanato um menino decente. Eles acham que os dias estão chatos e que pode ser divertido pensar nessas coisas. Shu zomba como tudo isso é trivial e Subaru concorda. Em sua mente, Yui acha que se Kanato não for assustador, seu amor por ele vai ser ainda maior. Acontece que Kanato começa a desconfiar de que ela está escondendo alguma coisa dele, mas ela diz que não. Ele pergunta se é verdade e ela balança a cabeça antes de corar e confessar que só ama ele. Ela não seria capaz de esconder as coisas dele e Kanato sorri antes de dizer que estava enganado então. (Deu pena dele agora… >_>)

Yui está aliviada por ter sido capaz de enganá-lo, mas decide diminuir o número de vezes que se reúne com os outros. Reiji sugere que deveriam suspender os encontros por um tempo e Yui promete chamá-los novamente quando as coisas esfriarem só que… PQP!!!! KANATO ESTÁ ALI NA PORTA!!!!!!

(CORRE CAMBADAAAAAAAAAAOSKAPSAKSPA) Ela engasga e quando a porta se abre, Kanato rosna o nome dela. Ele parece mais irritado do que nunca. Yui tenta explicar que há uma razão para isso tudo, mas sua voz some quando ele a chama de mentirosa. Os outros tentam acalmá-lo, mas Kanato rosna que todo mundo estava enganando ele e o ridicularizando sorrateiramente. Yui tenta dizer que ele está errado, mas ele grita que suas palavras sobre amá-lo também devem ter sido mentira. Por que ela faria uma coisa tão cruel? Sua voz está repleta de raiva quando ele pergunta à quanto tempo isso vem acontecendo. Desde sempre? Ele estava sendo completamente enganado… Ele começa a chorar e dizer que todo mundo quer roubar tudo o que ele deseja. Será que eles o odeiam tanto assim? Subaru tenta fazer Kanato ouvi-los, mas de repente ele diz que está tudo beleza, porque ele também odeia todos eles. Uma chama aparece e Ayato zomba quando percebe que Kanato vai lutar. Yui implora para Kanato ouvi-los, mas ele só grita que todos devem morrer. Um incêndio irrompe e ela grita.

Algum tempo depois, Yui está arfando em choque pela forma como todos foram queimados até virarem cinzas. Ao seu lado, Kanato está exausto e ofegando, quando começa a rir histericamente. Ele grita “ESTÃO TODOS MORTOS! ISSO É O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊS ME ENGANAM. BEM FEITO!” (Ok, essa voz aqui de fato soou muito louca… e assustadora). Ela só o olha horrorizada e Kanato pergunta se ela sabe por que ela foi a única que ele não queimou. Ela gagueja que não sabe e ele responde que é porque está interessado apenas nela. Sua voz é áspera quando ele admite que ficou extremamente magoado com sua traição, mas… ele não vai queimá-la. Em vez disso, ela vai se tornar sua boneca. Ele vai preservar seu belo corpo, sem danos. Ele pergunta se ela não acha que se tornar uma boneca é muito mais maravilhoso do que apodrecer ou se tornar cinzas. Ela gagueja que não e pede ajuda. Ele repete as palavras dela cinicamente e pergunta se ela não acha que está sendo muito egoísta. Ela começa a ofegar quando ele vai até ela e diz que ela é sua boneca. “Obrigado por esse bom sonho”.

Algum tempo depois, Kanato está no quarto das bonecas, comentando com Teddy que sua coleção aumentou de novo. Em seguida, ele ri e pergunta se Yui está surpresa porque Teddy está ali. Este não é o Teddy que foi queimado. Este é o Teddy número dois, por isso que não tem nada dentro deste. As cinzas “daquela pessoa” foram totalmente queimadas. E agora, é a vez dela. Sua carne será essa boneca e ele sempre irá mantê-la bonita e bem cuidada. Mas a sua alma descansará em Teddy. Seu corpo e sua alma pertencerão a ele por toda a eternidade. Nem mesmo um único fio de cabelo será entregue a alguém. “Como eu pensei… parece que eu te amo…” (●﹏● )

———————————————-
HEAVEN PROLOGUE
———————————————-

Eles estão voando, no céu (dã?). Yui acha incrível que os vampiros podem realmente voar e Kanato comenta que até se sente idiota por ficar andando no chão, já que pode fazer isso. Ela ri concordando e cora quando comenta em voz alta que se eles dormissem nas nuvens seria como um conto de fadas! Ele responde com um sorriso que as nuvens são feitas de água, então não seria possível. Ela gagueja que sabia disso e ele provoca dizendo que ela parecia estar falando sério. Então eles veem as luzes da cidade e Yui acha bonito, mas Kanato fica com ciúme e sugere de maneira fofa para juntos atacarem agora a cidade. Ela ri corada perguntando se ele está com ciúmes e que isso a deixa feliz. Kanato fica vermelho (Onww , essa é única parte que acho ele genuinamente fofo e tsun :3). Agora que Kanato se tornou o líder ele não tem mais tempo para brincar e Yui faz beicinho para isso. Ele lembra que vai estar junto dela quando puder e ela assente alegremente quando percebe que estão perto da cidade. Kanato mal pode esperar pelo alvoroço que vai causar e Yui se desculpa mentalmente com os inocentes seres humanos. De repente, Kanato sussurra em seu ouvido que se depois disso tudo ela tiver interesse em mais alguma coisa desse mundo… ele vai quebrar. Ela cora e acena com a cabeça antes de pedir pra ele quebrar tudo.

———————————————-
 HEAVEN 01
———————————————-

Yui está no canal subterrâneo procurando por seu rosário. Kanato aparece e pergunta por que ela está procurando tão seriamente e ela responde que é algo precioso pra ela (Yui, se toca… ( ´_ゝ`)). Mas quando ele pergunta por que ele é tão precioso, ela não sabe responder. Kanato pergunta se esse rosário é mais precioso do que ele e ela apressadamente responde que nunca seria! Ele sorri e depois informa que está ali para espalhar as cinzas dos humanos que sugou até secarem, porque estavam ocupando espaço. Com um sorriso, ele confessa que gosta de tocar nas cinzas, mas Yui descontente pergunta se ele gosta delas mais do que ela e ele começa a rir, garantindo que ela não pode ser comparada às cinzas. De qualquer forma, ele sugere que retornem à superfície e ela concorda dizendo que se sente sonolenta. Kanato diz que eles vão dormir juntos em seu quarto… nu como animais… (ಠ‸ಠ )” Ela diz corada à ele que isso seria maravilhoso, sentindo a mão fria de Kanato entrelaçada com sua mão fria. Kanato é tudo o que ela precisa.

———————————————-
 HEAVEN 02
———————————————-

Nas escadas do castelo, Yui fica surpresa quando vê uma borboleta. Ela a acha linda e lembra que quase nunca vê borboletas neste lugar. Ela a captura e resolve mostrar à Kanato. Ela procura por ele e o quando o encontra, abraça-o com entusiasmo. Kanato se surpreende e sorri antes de perguntar o que houve. Ela comenta que o castelo é tão grande que quase se perdeu ao procurá-lo e Kanato ressalta que ele pode encontrá-la imediatamente quando quiser por causa do seu doce aroma. Yui fica incomodada com o fato de não ser capaz de fazer o mesmo, mas ele sussurra em seu ouvido que é melhor assim porque ele acha muito fofo quando ela vagueia procurando por ele. Então ela lhe mostra a borboleta e comenta sobre quão bonita ela é, mas Kanato rosna que não quer que ela fique interessada em qualquer outra coisa e ESMAGA A BORBOLETA.Kanato diz friamente que qualquer coisa que ela tenha interesse além dele não pode existir. Yui admite que ele está certo e PEDE DESCULPAS. Mas ele pergunta que se ela entende, por que trouxe a borboleta? Ela lhe diz que achou que ele ia gostar e Kanato reflete que parece que ela ainda não o entende bem. Ela tenta protestar quando ele começa a chorar, explicando que as borboletas são incomuns ali e por isso ficou feliz sem querer. Ele repete as palavras “sem querer” perigosamente antes de sussurrar se ela sabe o quanto seu peito dói agora. Yui PEDE DESCULPAS novamente e ele acha que ela tem de ser treinada novamente. Ela repete a palavra “novamente” confusa. O sorriso de Kanato é frio quando afirma que já que sua memória vai desaparecer de um jeito ou de outro, não tem problema maltratá-la um pouco e completa que não se importa de voltar a ter os mesmos sentimentos daqueles dias.

Ela hesitante diz o nome dele, mas Kanato a corrige 「かなと「くん」でしょう? ユイ「さん」.」 (É “Kanato-kun”, não é? “Yui-san”). Ele rasga a roupa dela e ri antes de mencionar que há tempos não fazia isso. Pra comemorar, ele vai lhe dar tanta dor quanto possível. Ele a morde violentamente e ela geme com a dor. Enquanto ele suga o sangue dela, murmura que mesmo agora que se tornou uma vampira, o gosto ainda é delicioso. Em sua mente, Yui acha que essa dor é nostálgica. A maneira como ele está desejando-a loucamente. Kanato rosna que tudo o que ela precisa fazer é olhar só pra ele. (PERA! Achei que este fosse o caminho do final feliz… º____º)

———————————————-
 HEAVEN 03
———————————————-
Na floresta, à beira do lago, Yui observa que gosta da atmosfera daquele lugar. Ela suspira e se questiona por que seu corpo está tão cansado desde ontem. Ela se sente pesada e suas pernas estão bambas. Será que está com febre? Mas lembra que vampiros não tem febre. Então, Kanato aparece e ela perguntando corada se ele também está dando uma volta. Ele diz que a seguiu porque ficou preocupado quando ela deixou o castelo sem dizer nada e não retornou. Ela ficou fora só uma hora, mas mesmo assim ele ficou tão preocupado que não suportou isso. Yui sorri e lhe diz que ele não precisava ficar tão preocupado porque ela está bem.Ele cora quando menciona que pode ser perigoso ficar fora do castelo. O que ela vai fazer se for atacada por alguém? Ela ressalta que é uma vampira e que vai revidar, mas ele sorri notando que sua saúde não está bem. Ele pergunta se ela bebeu sangue recentemente e ela não tem certeza se seu estômago está vazio ou  não, então talvez ela não tenha bebido… Ele suspira pela falta de cuidado que ela tem com si mesma e tira um pouco de sua própria roupa, mandando ela ir em frente. Yui pergunta se ele tem certeza disso, o que o faz rir e lembrá-la que ele acabou de dizer há pouco que estava tudo bem. Ele lhe oferece seu pescoço e ela cora quando aceita, PEDINDO DESCULPAS e dizendo que só vai demorar um pouquinho. Ela o morde e ele ri baixinho antes de comentar como ela enterrou suas presas fundo demais. Ela explica que assim se sente muito mais próxima dele. Kanato a manda continuar pra que ela se lembre de seu gosto e a morde profundamente também. Ele explica que uma parte dela está se misturando com ele e eles estão se tornando um. Yui admite que quer recebê-lo dentro dela. ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°)  ͡° ͜ʖ ͡°) Ele sussurra para ela fazer o que ela gosta e ela o morde ainda mais, o que o faz grunhir de dor antes de rir sobre o tanto de força que ela está usando. Ele a lembra de não cometer o erro de morder sua garganta e ela só pensa em querer sentir que são um só assim para sempre. Ela quer se fundir à ele.
———————————————-
 HEAVEN EPILOGUE
———————————————-

No quarto de Kanato, eles estão se arrumando para sair juntos. Ele achava que tinha acabado com todas as suas perturbações, mas lembrou que Yui ainda tem uma também. Algum tempo depois, em uma igreja, Kanato chuta alguém chamado Seiji. Curiosa, Yui pergunta quem é essa pessoa e ele responde que não é ninguém importante, só um humano que costumavam ser um pouco conectado à ela no passado  (É O SEU PAIIIIIIIII). Só que ela não lembra dessa pessoa. Seiji grita seu nome e Yui pergunta como ele sabe o nome dela. Ela o encara dizendo que a única pessoa que pode dizer o nome dela é Kanato, por isso ele não deve dizer o nome dela como bem entende. Ele tenta protestar, mas Kanato o interrompe mandando Yui matar o homem com suas próprias mãos. Ela fica incomodada e diz que não quer tocar nesse humano. Kanato explica que essa pessoa matou incontáveis vampiros e ordena que Yui beba o sangue do homem depois que terminar.

Ela pergunta se ele ficará satisfeito se ela sugar o sangue dele e Kanato ri afirmando que sim… muito. Então Yui obedece e morde Seiji violentamente enquanto ele grita de dor. Interiormente, ela acha o sangue delicioso, mas há um aroma nostálgico… por que isso? Deve ser sua imaginação. (;゚ロ゚) Ela solta o homem e pergunta à Kanato se já basta. Seiji geme o nome dela antes de apagar e Kanato ri perguntando se o homem está morto.

Ela balança a cabeça e diz que parece que sim. Kanato caminha até ela e pergunta se estava gostoso. Ela responde que estava bom, mas o sangue de Kanato é muito mais delicioso. Ele ri e diz que também acha que nada supera o sangue dela. Ela sorri antes de destacar que não pode sugá-lo todinho, por isso esta noite vai se contentar com esse humano. Kanato responde que ele não pode se abster dela, fazendo-a corar quando pede para ela deixá-lo beber um pouco. Ele começa a chupar em seu pescoço e ela deixa escapar que faz cócegas, mas ele só ri e pergunta se ela não está confundindo com prazer.

Ela admite que está feliz. Estar junto do Kanato assim a deixa muito feliz. Ele está feliz também, insuportavelmente feliz. Ele confessam um ao outro que se amam e se beijam antes de compartilhar sorrisos e risadas. Manchada com o sangue do homem caído,  Yui acha que se estão juntos assim já pode se dizer que conseguiram a felicidade eterna. Porque ela sempre vai te amar, Kanato.

———————————————-
CONSIDERAÇÕES FINAIS
———————————————-

Meu estado depois do jogo:

Kanato certamente é o mais desmiolado dos irmãos. Essa mistura de tsundere com yandere, com cobertura de sadismo e recheio de crueldade além do normal encheu a rota de altos e baixos. E nossa heroína, que sofreu essa lavagem cerebral… Acho que desenvolveu a Síndrome de Estocolco porque aceitar essas coisas assim, tudo empurrado nela, credo. Eu estava completamente enganada sobre esse personagem. XD Ahh…. Tô esgotada… -______- *vai beber café*

Ok, voltando a falar da Yui, esse processo de paixonite pelo Kanato achei meio sem amor, por falta de definição melhor. Como eu disse, ela foi praticamente forçada a aceitá-lo/amá-lo, senão vejamos: ela aprende que não deve responder pra ele; que se ele começar a ficar instável deve imediatamente pedir desculpas; que ele é quase um emo que só fala sobre mortes e outras coisas sombrias; que é possessivo e ciumento; que é solitário, carente de atenção e carinho; que depois de machucá-la pode ser incrivelmente gentil; que apesar de ser um garoto de 17 anos com cara de 10 pode ser muito sexy; que suas mordidas são muito excitantes; que ele pode ser muito bom de cam… WTF, quê que eu tô escrevendo?! THEN! Ao terminar a rota só vi que ela se tornou uma Kanatólatra e virou sua obediente boneca fantoche, o ideal de mulher dele. E pior que na rota de More Blood foi a mesma coisa (Ela ficou tentando fazer ursinhos perfeitos para o Kanato por toda a eternidade  ಠ_ಠ) ).

Mas afinal de contas, O QUÊ eu gosto nesse personagem? Simples. Kaji Yuki… em seu papel… Provavelmente a maior razão (um seiyu faz toda a diferença pra mim). Você entenderá quando ouvir ele sussurrar docemente em seu ouvido e dar aquela mordida suave e gentil, gemendo baixinho enquanto suga seu sangue. (ノ´∀` ‘) Putz. Esse seiyu de bochechinhas fofas conseguiu fazer uma voz tão kawaii e ao mesmo tempo sexy que acabou corrompendo meu coração puro (e estuprando meu ouvido). Ele nasceu pra fazer esse personagem. É perfeito! (e eu sou uma sem vergonha por escrever isso)

Como personagem gostei muito dele. É bem único e interessante, embora na maioria das vezes seja só mais uma criança mimada e birrenta. Eu não escolheria esse rapazinho como meu DiaLover, mas ainda o acho uma gracinha, apesar de ser psicoticamente cruel. Ok, grande parte é culpa da Cordelia, tá certo, isso deu pra entender (Nem vou perder meu tempo falando dela. É a vilã da trama, só). Mas eu realmente esperava uma mudança positiva nele e não a destruição de quase todos os princípios da heroína. Você só pode ser feliz com esse moleque se ceder a todos os seus caprichos e não falar com nada nem ninguém além dele.

Bem, basicamente foi isso. Essa rota é uma montanha russa muito louca. Teve momentos que fique super chocada e outros que levaram meu astral lá pra cima. Apesar de tudo, valeu a pena. Os momentos “românticos” são essencialmente bons, é a maior recompensa diante de toda essa crueldade dele. Por enquanto é meu terceiro favorito. Só espero ter colocado todos os meus pensamentos mais importantes. Acho que dava pra fazer um estudo bem mais bacana desse personagem, mas não sou tão inteligente assim  (até porque meu lado com sanidade tá gritando pra criticar isso tudo e me dar uns tapas por ficar rindo dessa insanidade toda! LOL).

As próximas reviews serão do Shuu e do Subaru, não necessariamente nessa ordem. Mas, me digam! Depois de tudo isso será que alguém quer ser boneca desse filhotinho de cruz credo? huasha. Espero que tenham gostado do post! Até a próxima!! (≧∪≦)

Anúncios

28 comentários em “[Otome Game] [Review] Sakamaki Kanato – Diabolik Lovers

  1. Nhooooon eu só posso ter algum problema mental… depois de tudo isso eu continuo (estou mais) apaixonada pelo Kanato (◡‿◡✿)
    Ele é tão “preciso de vc” e ao mesmo tempo “quero quebrar vc” fu fu…
    Eu realmente amo isso \(≧▽≦)/

    Curtir

  2. ****AVISO****
    Esse comentário será absurdamente enorme, em termos comparativos, grande como a psicopatice peculiaridade do kanato-Kun.
    ________________________________________________

    Finalmente! Estava esperando as reviews!

    Estou ANSIOSÍSSIMA pelas do Shushuzinho e do Tsun-barubaby (ó os apelidinhos carinhosos! heuheuheuhuehe)!

    Confesso que o kanato é o que eu achava mais medonho (e após ler essa review…minha opinião só foi reiterada!), mas até que apesar dele ser um psicopata bipolar, ele também protagoniza algumas cenas bonitinhas…

    Agora, SINCERAMENTE! Que piração é essa que eles têm em “te amo tanto que vou te matar” Vôti homi! (lembro do laito vir com essa presepada também)…Eu hein! (╯°□°)╯︵ ┻━┻

    KKKKKKKKKKK Racheyyy com o lance da macumba no Teddy! XD
    Ok, gostaria de comentara alguma partes, lá vai:

    ” Ele pede que ela entenda que tudo o que está fazendo é para o seu bem. ” Ô “pai” filho da (Cordélia) mãe! Jogando a filha aos tubarões! Me pergunto, será que ele sabia mesmo o que esperava a filha, ou foi na inocência mesmo? ಠ_ಠ
    ______________________________________________

    “Reiji se apresenta e Yui sorri de alívio por ver que pode conversar com ele, ao contrário de Ayato.” —> SABE DE NADA INOCENTE!
    ______________________________________________

    Então, obviamente, Kanato é o escolhido aqui. Ele ri antes de contar à ela que sabia que ela iria fazer isso e promete que não vai fazer nada de mal à ela, confirmando com Teddy.” –> SABE DE NADA INOCENTE² XD
    ______________________________________________

    Esse episódio do garfo é…bizarro, gente…aguentar uma tortura dessa…calada! CALADAAA! TT___TT E a parte da sala das “bonecas”…sem comentários, de gelar a espinha!

    LOL Ela pede desculpas umas 20 vezes durante a rota!

    ” Ele diz vai fazer algo mais doloroso e prazeroso. Diz ainda que ele está surpreso por ter chegado a esse ponto” –> Kanato safadjenhooo! huhauhauhauha Olha, até eu fiquei surpresa hein! Infelizmente, foi um caso de…ou vai ou… ಠ_ಠ Mas sério, não consigo imaginar o kanato fazendo isso (H things… xD)…

    Esses finais são tão…nem sei como descrever… TT___TT Mas a Yui virou uma psycho também… Dá vontade de dar uma de Subaru e quebrar tudoooo! AARG! (╯°□°)╯︵ ┻━┻ ┻━┻ ┻━┻

    Só de ler achei psicologicamente cansativo, imagina jogar tudo isso! A pessoa termina fragilizada e precisando ver um video de cachorrinhos fofos pra voltar ao normal. LOL

    Again, eu fui uma tagarela, mas isso você já sabe né? hihi
    Inté!~~~

    Curtir

  3. AUHsuahsuhs
    Comentários são sempre bem vindos,
    sejam eles grandões ou não! \o/
    ____________________________

    HUAhsua. Os apelidos que ganharam aqui são Shushuzinho e Subarito LOL

    Kanato foi bem cansativo de lidar, mas aí ele vem com aquela atitude fofa e tudo é perdoável. (っ・ω・)っ

    Ahh, nem tente entender esse amor doentio. Eles não são humanos mesmo, é crueldade na veia. lol

    O TEDDY ME APAVOROU! haushaus. Achei que ele fosse morder ela também ou pior!!!!!!! (;゚Д゚)

    Parece que o pai não sabia não. Isso é uma situação que vai ser um pouco explicada lá pra frente em more, blood (papai sakamaki mexeu os pauzinhos pra armar essa confusão). Acho que era inocente sim, coitado. u_u'

    ____________________________

    ASKOAKSPODKASDI A Yui é muiiiito inocente!!! XD
    Mas acima de tudo… nada esperta (só na hora de matar quase todos eles lol). (´・`)'”””'
    ____________________________

    A parte dos garfos… nunca mais comi tortas sem lembrar disso. O pior é o som dos furos… Trauma. (●﹏● ) E a sala das bonecas é a certeza de que ele é completamente doente. Ain! >_>

    SIM! Pedir desculpa à ele é tudo o que ela faz nessa vida! Por isso que eu destaquei. XD

    O Kanato fazendo aquilo foi mais chocante do que a coxa dele ser mais fina que a da Yui no CG!!! AKSOAKPSADKASJ Foi meio inesperado mesmo… ele parece uma criança, meio que não cola. (๑´ლ`๑)

    Os finais foram horríveis. No bom ela ficou totalmente obediente. No normal ela ficou viciada nele. No ruim ela quis mudar ele. Pra mim, todos tem cara de final ruim. 😐

    Fiquei bem cansada sim. XD Precisei de uma terapia assistindo Pepa no Discovery Kids e mais uma dose de Ken ga Kimi. UAUSHAUSHA Mas a rota do Shu e a do Subaru valem a pena, não é a toa que quando você começa a jogar, só liberam o Ayato, o Laito e o Kanato primeiro. Depois que terminar um deles, os outros irmãos são liberados. É tipo uma recompensa pra levantar seu ânimo depois de uma série de infortúnios. (=´∀`)人(´∀`=)

    Huehehhusha
    Já nem estrenho. XD Vai acabar me acostumando mal, heim. LOL
    Como sempre, obrigada por comentar. (っ・ω・)っ

    Curtir

  4. Adorei *_*

    e adoro o anime e ainda mais o jogo (por mais assustador que isso possa ser para a saúde mental de uma pessoa xD)

    vais fazer o resumo das routas dos outros irmãos?

    Curtir

  5. Adorei *_*

    e adoro o anime e ainda mais o jogo (por mais assustador que isso possa ser para a saúde mental de uma pessoa xD)

    vais fazer o resumo das routas dos outros irmãos?

    Curtir

  6. É uma história pra gente forte, né. (ง •̀_•́)ง huahaha

    Vou fazer sim! O Subaru e o Shu estão no forno (heim?).
    Eu terminei a rota do Ayato recentemente e o Laito tá em andamento, mas ainda não decidi se vou fazer review deles. Esses dois fazem mal pra minha cabeça. (。-∀-)
    O Reiji ainda não joguei. E como ele é meu menos favorito da série (pra não dizer de uma vez que o odeio) é quase certeza de que não sai uma review. (●ω● )

    Curtir

  7. Yo! Meu nome é Meiko Yuki Hime e sou nova aqui! (≧▽≦)

    Muito obrigado mesmo pelo review, moça! Eu sempre quis muito jogar o jogo, mas eu não manjo muito do japonês, mas graças a você eu consegui entender tudinho em cada parte e situação do jogo, muito obrigado mesmo! #teamo (≧∪≦)

    Eu adorei a rota do Kanato, mesmo não conseguindo o final 1 (só consegui o 2 e o 3 (。TωT) ), fiquei super surpresa com o final 2, acabo com o meu feels (。TωT), hahaha nossa nunca pensei que fosse tão fácil matar vampiros (ué, mas não é!) .

    Quando o Kanato fez “aquilo” ( ͡° ͜ʖ ͡°) com a Yui, eu fiquei tipo MDS DO CÉU! Serio não consigo mesmo imaginar ele fazendo “aquilo” ( ͡° ͜ʖ ͡°).Aí a Yui imagina o porque de ela não conseguir odiá-lo, mesmo depois de tudo que ele fez com ela, nem eu consigo, minha filha, depois de zerar a rota dele falei sobre tudo com a minha amiga que também gosta bastante do jogo (mas tem preguiça de jogar ( ´_ゝ`) e prefere o Shu ), ela perguntou seu tenho algum problema? E eu respondi “Mas ele é tão Kawaii que não consigo odiar ou ter medo!(*´▽`*), sério devo ter algum problema, eu não consigo ter medo dele, esse rosto kawaii me seduz, hahaha! (*´艸`*)

    Esse review, foi muito engraçado, morri de rir! Ah, é também já joguei a versão MOORE BLOOD (Agora aparece a voz dele quando ele canta (〃゚艸゚) (*´艸`*) (ノ>。< )ノ #morta), mas mesmo assim só consegui o final 2 e 3, fiquei super chateada, MUITO OBRIGADA MESMO pelo review ajudou bastante! Aguardando o próximo Review, ansiosa!

    Curtir

  8. Yo! Meu nome é Meiko Yuki Hime e sou nova aqui! (≧▽≦)

    Muito obrigado mesmo pelo review, moça! Eu sempre quis muito jogar o jogo, mas eu não manjo muito do japonês, mas graças a você eu consegui entender tudinho em cada parte e situação do jogo, muito obrigado mesmo! #teamo (≧∪≦)

    Eu adorei a rota do Kanato, mesmo não conseguindo o final 1 (só consegui o 2 e o 3 (。TωT) ), fiquei super surpresa com o final 2, acabo com o meu feels (。TωT), hahaha nossa nunca pensei que fosse tão fácil matar vampiros (ué, mas não é!) .

    Quando o Kanato fez “aquilo” ( ͡° ͜ʖ ͡°) com a Yui, eu fiquei tipo MDS DO CÉU! Serio não consigo mesmo imaginar ele fazendo “aquilo” ( ͡° ͜ʖ ͡°).Aí a Yui imagina o porque de ela não conseguir odiá-lo, mesmo depois de tudo que ele fez com ela, nem eu consigo, minha filha, depois de zerar a rota dele falei sobre tudo com a minha amiga que também gosta bastante do jogo (mas tem preguiça de jogar ( ´_ゝ`) e prefere o Shu ), ela perguntou seu tenho algum problema? E eu respondi “Mas ele é tão Kawaii que não consigo odiar ou ter medo!(*´▽`*), sério devo ter algum problema, eu não consigo ter medo dele, esse rosto kawaii me seduz, hahaha! (*´艸`*)

    Esse review, foi muito engraçado, morri de rir! Ah, é também já joguei a versão MOORE BLOOD (Agora aparece a voz dele quando ele canta (〃゚艸゚) (*´艸`*) (ノ>。< )ノ #morta), mas mesmo assim só consegui o final 2 e 3, fiquei super chateada, MUITO OBRIGADA MESMO pelo review ajudou bastante! Aguardando o próximo Review, ansiosa!

    Curtir

  9. ( ゚∀゚)/ Hey, seja muito bem vinda a este humilde blog!

    Nossa, fico feliz que a review tenha ajudado! Assim, acho que alcancei um dos objetivos do resumo. (*゚▽゚*) hehe #OhThankYou!!!/o/ *abraço virtual*

    Ah, eu levei um tempo pra saber como funcionava esse esquema de obtenção dos finais. Basicamente, pra pegar o Final Bom (Final 1) você precisa:

    >selecionar as respostas de “coração”;
    >obter 45 pontos de respostas M;
    >e acertar aquelas respostas dos “pensamentos”.

    Aqui nesse blog tem um guia, se você quiser: ^^

    http://burogublog.wordpress.com/2013/06/16/diabolik-lovers-%E9%80%86%E5%B7%BB%E3%82%AB%E3%83%8A%E3%83%88-sakamaki-kanato-route-guide/

    SIM! Nem eu imaginava que isso fosse acontecer! (」°ロ°)」 Pra mim ele era o mais inocente de todos, “nesse sentido”. E, bem, a gente não espera uma coisa dessas num otome game, mesmo que seja pra maiores de 17 (pelo menos eu não esperava, ainda mais do shota da família >_>). Mas, então, não que eu esteja reclamando… hahahahaha E…. é. Inegavelmente, quando a gente conhece melhor, não dá pra resistir. XD Eu espero que ele amadureça um pouco nos jogos que estão pra lançar. Chega de birra também, né.

    (*゚ロ゚) KEEEEEEH!? Sério!? Weee, alguém riu. ー( ´ ▽ ` )ノ Eu fico rindo com o jogo inteiro. Acho um absurdo as coisas que acontecem e como a Yui consegue ser tão tapada nessas horas. LOL Kanato cantando Scarborough Fair, coisa mais amor! (〃゚艸゚) Ah! Acredito que More, blood também siga o esquema do primeiro jogo, acho. Vou até verificar isso.

    Obrigada por comentar. Motiva muito, de verdade. ^^ As próximas reviews estão em andamento, mas acho que só sai pro final do ano (ou ano que vem). O fato é que vai demorar porque esse semestre tá complicado pra mim. Mas vai sair. /o/ De nada e te espero na próxima, heim! (*・∀-)☆

    Curtir

  10. Infelizmente não tem em português. (◞‸◟ㆀ) Mas fiquei sabendo que o Visual Novel Reader (software) está traduzindo os jogos que rodam em emuladores (PPSSPP), inclusive testado com sucesso em DiaLovers e Amnesia. Talvez valha a pena dar uma pesquisada e ver se você consegue. (っ・ω・)っ Pra mim não dá porque meu PC é incompatível, se não já tinha feito um tuto. ( ̄ω ̄)”

    Nossa! Pelo Reiji e o Shu? Que contraste! XD Não curto o Reiji. Mas vejo muita gente dando pontos pra ele. Um dia, quem sabe, dou uma chance. :X

    Curtir

  11. Aiii meu deus o meu marido fez um ótimo trabalho com a bitch da yui (ai como eu queria ta no lugar dela≧﹏≦)
    Meu deus a parti que o Kanato queima o teddy pela yui eu chorei n é possivel (ELA N VALE A PENA KANATO!! ╰_╯)
    QD vc pode postar o reviwen do Shuu? ⊙﹏⊙

    Curtir

  12. Tem alguns bons momentos que valem a pena nessa rota, né. (*´∇`)ノ

    Então, tô fazendo a review do Subaru primeiro porque a rota dele é difícil de resumir… dá pena de não mencionar as inúmeras partes fofinhas. :3
    Tem muiiiita coisa, como você pode ver pela rota do Kanato, mas estou agilizando como posso aqui (graças as cobranças, fiquei mais motivada ). \(≧∪≦\) Depois planejo ir pra rota do Shu (resolvi deixar o melhor pro final, hihi (ノ)´∀`(ヾ)).
    Não tenho uma data certa pra postar, mas ano que vem é a meta. XD

    Obrigada por comentar! Fique à vontade! /o/

    Curtir

  13. N diiga ~T_T~ poxa….. ei curti ler fanfics? Eu vo fazer uma fanfic em especial pra sua analise vai acontecer tudo oq tem na rota do Kanato⊙﹏⊙ (a parte do estrupo q vai ser dificil escrever o(╯□╰)o)
    Meu eu tenho minhas duvidas em relação ao Subaru ele me da arrepios mas é uma delicinha •﹏•
    (Sai espirito pervetido ヽ(^。^)ノ)
    Acredite eu ja joguei esse jogo no psp e eu sempre me perguntava q gemidos eram aqueles que o Kanato fazia no cemiterio e nas demais cenas (e eu ficava tipo WTF?! O_o ̄ε  ̄)
    Aiiii vc respondeu meu comentario! Eu sou sua fã numero 1! ♡♡♡♡♡♡♡♬

    Curtir

  14. Faz anos que não leio fanfic, mas fiquei curiosa pra ver essa do Kanato. Qualquer coisa me avisa. :3

    O Subaru é… awnnnn. Vontade de morder (antes que ele faça o mesmo lol).

    Pois é. Essa mordidas deles parece até outra coisa uhauhahaha *mente suja*. Mas… quem dera. HUAHAUHAHA (Sai espirito pervetido² ヽ(^。^'''''')ノ)

    Curtir

  15. Wow, vendo apenas o anime não esperava que o Kanato fosse TÃO psicótico e fofo ao mesmo tempo O_O Bem, eu não namoraria um rapaz assim pois sou mandona e geralmente sou a mais infantil da relação. Eu me identifico bastante com ele: o papo emo; a solidão; carência e etc. Kanato é de longe o meu personagem preferido. Uma personalidade complexa e personagem único, além do seiyuu dele ser o Kaji Yuki maravilhoso que faz a voz de vários husbandos meus s2. Tirando por esses finais BIZARROS, amei a rota dele. Ele pode ser super carinhoso e gentil. O lado ”bom” é que ele não é aquele personagem clichê que muda por causa de conversa fiada de protagonista; o lado ruim é que ele não muda justamente seu lado mau. Sério, ele não precisa se tornar um cara bonzinho que ama humanos e tal, mas pelo menos parar de matar gente inocente. Não curti esse fato. Acho que a culpa, além da Cordélia, é a protagonista molenga, sonsa, submissa e com falta de atitude

    Curtir

    1. Concordo! O Kanato tem esse diferencial, não muito saudável, admito, mas é o que faz dele um personagem tão interessante. Pois enquanto na maioria dos jogo a heroína tem grande influência na rota, aqui é o inverso. ELA muda totalmente pra ele e já eu acho isso em si bizarro. XD Mas um bizarro que eu gosto. hihi E assistir esse processo faz a gente pensar muito, como “será que é uma boa ideia tentar mudar quem se ama?” ou “será que faz bem trair nossos ideias pra ficar do lado da pessoa amada?” e por aí vai um belo passatempo, estudando essa espécime de yandere, yangire, tsn tsn yan, seja lá o que essa criaturinha for. XD
      #aliásEuTbmNãoConsiguiriaSerTãoAbsurdamenteSubmissaAssimCof
      Obrigada por compartilhar suas impressões, Camila. Abraços! ^^

      Curtir

  16. Primeiro………… ADOREEEEEEEEEEEEEEEEI————–!!!!! Você descreveu a história tão bem que eu li tudinho de uma só vez sem nem mesmo perceber!!! (sem falar que os seu comentários deixaram tudo mais engraçado XD) Muito obrigada por ter feito esse review!! Parece ter dado MUITO trabalho (consigo imaginar você horas escrevendo esse texto enorme kkkkkkkk) por isso não podia deixar de te agradecer!!!! Eu mal posso esperar pelos review dos outros personagens!!! Principalmente pelo do Laito, que é o meu segundo favorito, o primeiro, sem sombra de dúvidas é o Kanato!!!! E apesar, de como você disse, ele ser o mais desmiolado e difícil de lidar, eu não consigo não gostar dele…E quer saber porque????? Kkkkkkkk pelo menos motivo que o seu! O dublador talentoso,magnifico, maravilinso, divoso, gostoso Kaji Yuki, eu simplesmente ADOROOOOO a voz dele!!!!!E mais nenhum seiyuu tem o direito de dublar o Kanato XD Mal posso esperar para baixar o jogo e ouvir a vozinha dele dando beijinhos, dizendo que me ama, conversando com o Teddy com aquela voz fofinha dele e gritando estericamente.
    Quando eu assiste o anime, fiquei com muita vontade de jogar o jogo, mas eu entendo só um pouco de japonês, por isso tinha desistido… Mas acho que graças a este seu incrível review, eu consigo acompanhar a história sim S2S2S2S2S (pulando de alegria). E queria aproveitar para fazer algumas perguntas se não for te incomodar: O que você fez quando se deparou com um kanji que não sabia ler? Como e onde procurou o significado? Eu sempre sofro com esse problema sabe, tem dicas para me dar?(parece que você entende do assunto hueheuheuehu) E essas rotas Dark, More Blood, Manic, etc são histórias todos do mesmo jogo ou são jogos separados? Os seus personagens favoritos são o Shun e o Subaru? ^-^ Eu não sei porque sou nova por aqui, conheci seu blog justamente através desse review S2 (e já estou adorando o seu trabalho)
    Enfim, adorei muito mesmo o seu review, pois você me deu a oportunidade de conhecer mais o meu amado Kanato. E você disse que os próximos seriam o Shu e o Subaru não é mesmo?? Eu vou estar esperando ansiosamente!!!!!!!!! Mal posso esperar para acompanhar a histórias dos outros irmãos S2S2S2S2S2S2S2 Você ganhou uma nova fã, Yoroshiku né 

    Curtir

    1. OMG! Que comentário empolgante! huahuheufhd Olha, deixa eu te dizer, seu comentário me define. Eu mesma, de vez em quando, volto aqui nesse post e paro para ler porque, sei lá, ele é tão gostosinho, haha. E é por causa disso que quero terminar os outros personagens (estão no rascunho), mas nesses últimos dois anos bateu um desânimo grande. IMENSO. Mas a vontade ainda continua. Dá trabalho sim, muito. T_T Principalmente “resumir”, pois eu acho que toda a qualquer ação (do Subaru, por exemplo) é importante e quando me dou conta, tenho um parágrafo enorme super detalhado. kkkkk
      Mas então, vamos lá responder suas perguntas:
      “O que você fez quando se deparou com um kanji que não sabia ler? Como e onde procurou o significado?”
      Bem, primeiro eu tento jogar o kanji no google translator para ver a leitura. A partir disso eu procuro ele no dicionário. Eu uso dois dicionários físicos romanizados (um da Noemia Hinata e outro do Michaelis) e também uso dicionários on-line (atualmente o http://ejje.weblio.jp é o que tem trazido resultados mais satisfatórios, mas às vezes recorro também ao http://tangorin.com . e quando tudo parece perdido eu vou até o http://www.weblio.jp , mas não o recomendo muito, já que nesse caso você tem que fazer uma segunda tradução).
      “E essas rotas Dark, More Blood, Manic, etc são histórias todos do mesmo jogo ou são jogos separados?”
      Dark, Manic e Esctasy são como capítulos dentro do jogo. Imagine que você está lendo um livro e cada capítulo é dividido assim, Dark, Manic e Esctasy. Dentro do jogo você tem esses capítulos e dentro de cada capítulo tem uma cena (que, no caso deste meu resumo, é cada “parágrafo”).
      More Blood é o subtítulo do segundo jogo de Diabolik Lovers. O meu post é sobre a rota do primeiro jogo, que leva como subtítulo Haunted Dark Bridal (mas pouquíssima pessoas se referem a ele assim).
      “Os seus personagens favoritos são o Shun e o Subaru? ^-^”
      São sim~ ahaha(ღ˘⌣˘ღ) Quero dizer, eu gosto do Shu, do Subaru, do Kanato e do Ruki (segundo jogo), mas meu marido, meu sol e estrelas, é o Shu. huudhsugfdsfhj ain~
      E enfim, acho que era isso. ^^ Muito obrigada pelo comentário inspirador, é como você disse, esse formato de post pode ajudar muito quem pretende jogar. E meio que a motivação voltou, então vou dar o melhor de mim para dar continuidade! /o/

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s